Cambridge Analytica anuncia encerramento nos EUA (em actualização)

A Cambridge Analytica está a anunciar que irá parar as suas operações nos EUA, avançam os jornais Público e Diário de Notícias. 

Mark Zuckerberg, CEO da Facebook.

A empresa, envolvida no escândalo de utilização indevida de dados de cerca de 87 milhões de utilizadores do Facebook, avançou com o anúncio do encerramento do escritório, nos EUA.  Segundo o Wall Street Journal, não é certo que a empresa encerre também os seus escritórios no Reino Unido. 

Ainda de acordo com o Wall Street Journal, “o encerramento deve-se à perda de clientes e a despesas com assuntos legais ‘crescentes'”, disse o dono do SCL Group, Nigel Oakes, que confirmou ao diário nova-iorquino que “o grupo detentor da Cambridge Analytica ia encerrar, e com ele a empresa no centro da discórdia”.

Em Março, tornou-se público que os dados de milhões de utilizadores do Facebook foram usados pela Cambridge Analytica para efeitos de consultoria política. A empresa foi acusada de ter recuperado esses dados, sem o seu consentimento dos utilizadores da rede social, para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, favorecendo a campanha de Donald Trump, avança o Wall Street Journal e o jornal Público.

(em actualização)




Deixe um comentário

O seu email não será publicado