Schneider renova StruxureWare Data Center Operation

O sistema incorpora melhorias no planeamento de fluxos de trabalho e actualizações de segurança para fazer face às vulnerabilidades Meltdown e Spectre.

A Schneider Electric passou a disponibilizar a versão 8.2 do StruxureWare Data Center Operations. É uma actualização do pacote de software de para gestão de infra-estruturas de datacenter (Data Center Infrastructure Management – DCIM).

A nova edição inclui recursos para desenhar, gerir e executar tarefas em fluxos de trabalho, de forma mais eficiente, diz o fabricante. Traz ainda actualizações de segurança para lidar com as vulnerabilidades Meltdown e Spectre, detectadas em processadores.

No âmbito do planeamento de fluxos de trabalho, o interface de cliente permite definir e configurar novos processos. Passa a ser possível também determinar fluxos obrigatórios e ainda agregar tarefas de verificação no início e no fim de todos.

Além disso, agora é possível solicitar que os fluxos de trabalho sigam um encadeamento específico e são disponibilizadas novas premissas para a sua gestão. A plataforma de software evoluiu também na gestão do Active Directory e LDAP.

A Schneider ampliou as capacidades de planeamento de equipamento de modo a se poder registar a colocação de equipamentos na sala através de coordenadas, localizá-los e reservar espaços.

O utilizador pode pesquisar sobre outros utilizadores e grupos no servidor de autenticação, bem como enviar emails a utilizadores individualmente para dar ordens de trabalho. Ao criar um grupo a partir do servidor de autenticação (AD e LDAP) todos os utilizadores deste grupo poderão iniciar uma sessão, sem necessidade de criar novos utilizadores individualmente, diz o fabricante.

Na área de planeamento de equipamento, as funcionalidades para ordens de trabalho foram ampliadas. A Schneider fê-lo de modo a se poder registar a colocação de equipamentos na sala através de coordenadas, para os localizar e reservar espaços.

Segundo fabricante, os modelos de bastidor ATS oferecem maior capacidade de gestão.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado