Modo S no Windows 10 pode mudar mercado de aplicações

Se mais de 50% do mercado usar a variante do sistema operativo, as aplicações UWP tradicionais e as Progressive Web Apps tornar-se-ão muito mais importantes no “ecossistema” da Microsoft.

Joe Belfiore, vice-presidente da Microsoft

A Microsoft espera que a “maioria dos clientes” beneficie do Windows 10, no seu novo modo S, escreveu o vice-presidente corporativo da empresa, Joe Belfiore no blog da organização. A referida variante bloqueia o acesso do sistema operativo a aplicações de base Win32 e para já, permite que apenas use software fornecido a partir da Windows Store.

Considerando as previsões sobre a distribuição de quota de mercado prevista entre o Windows 10 S e o Windows 10 da Microsoft e a forma de funcionar do modo S, este poderá desencadear mudanças relevantes no mercado. Sobretudo no “ecossistema” do fabricante. 

Não está claro se os fabricantes de PC oferecerão a variante, como opção configurável, embora isso pareça provável.  Apesar de tudo, a variante surge como muito mais importante para a Microsoft do que parecia.

Se mais de 50% do mesmo usar o modo S do Windows 10, as aplicações baseadas na Universal Windows Platform (UWP) tradicionais e as vindouras Progressive Web Apps tornar-se-ão muito mais importantes no ecossistema da Microsoft.

A aposta impressionante na variante do sistema operativo, formalmente confirmada como modo esta semana por Joe Belfiore, envolve já uma agenda agressiva. No blog, o responsável prevê que se possível comprar um PC com o modo Windows 10 S, aquando da da próxima actualização de recursos para o sistema operativo.

Para os novos clientes que optarem por um PC com Windows 10 Home, Windows 10 Pro ou uma versão para uso empresarial,  e não querem usar o modo S, o “upgrade” para as versões completas do Windows 10 será gratuito.

E a mesma, conhecida como Redstone 4, deverá surgir nos PC durante o início de Abril. Para os clientes que não querem o modo S do Windows 10, há outra mudança importante: se os clientes optarem por um PC com Windows 10 Home, Windows 10 Pro ou uma versão para uso empresarial, a actualização dos modelos S para as versões completas do Windows 10 será gratuita.

“A partir da próxima actualização, os clientes podem optar por comprar o Windows 10 Home ou o Windows 10 Pro PC com o modo S activado e os clientes empresariais poderão implantar o Windows 10 Enterprise com o modo S activado”, escreve Belfiore.

Se o modo S do Windows 10 vai ser aquele definido por omissão, para novos PC com Windows 10, parece ser uma questão irrelevante neste momento. Embora apenas o Laptop Surface e um pequeno número de dispositivos para o sector da educação usem o Windows 10, Belfiore arriscou a sua previsão ousada.

Belfiore não forneceu detalhes mas diz que há mais de vinte modelos de dispositivos com o Windows 10 S activado. “Esperamos ver os novos dispositivos do Windows 10 fornecidos com o modo S, disponível dos nossos parceiros nos próximos meses”, avança ainda..

O responsável caracteriza o modo S do Windows 10, como uma versão passível de menos complicações, com garantias de desempenho. Refere o grau de segurança oferecido, o tempo de inicialização mais rápido e maior tempo de vida da bateria proporcionado.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado