Altice Portugal assina novo memorando para IoT

O novo acordo de cooperação, desta vez com a Cisco, é celebrado cerca de um ano depois daquele mantido com a Huawei.

A Altice Portugal está a procurar reforçar o seu leque de parcerias para a sua oferta destinada a redes de IoT, ao assinar um memorando de entendimento com a Cisco. O protocolo de cooperação surge cerca de um ano depois de acordo semelhante estabelecido também durante o Mobile World Congress, em 2017.

O novo compromisso visa definir “um quadro de atuação comum para a dinamização e o desenvolvimento de novos serviços e soluções”, diz um comunicado. Como bandeira deste último acordo , o operador destaca durante o certame, em colaboração com a Janz, uma prova de conceito base para uma solução de IoT de última geração.

Trata-se de um sistema que o fabricante refere como sendo de “telemetria de água” que
explora as capacidades da oferte Ultra IoT da Cisco. Em perspectiva o operador tem o lançamento de novos serviços de IoT.

O sistema do fabricante serve a comutação de dados móveis, sendo baseado no ambiente de virtualização StarOS. Suporta comunicações de 5G e a protocolos de rede móvel para  IoT, como o NarrowBand-IoT (NB-IoT). É ainda complementado pelo módulo eSCEF que permite a exposição de serviços através de API e sua gestão.

A prova de conceito agora desenvolvida demonstra claramente a capacidade da arquitetura definida para suportar, de forma eficaz, uma gama de soluções de baixa potência, entre as quais a Telemetria de Água é um exemplo expressivo”, assegura Luís Alveirinho (Altice Portugal).

A prova de conceito de telemetria para redes de fornecimento de água testa a tecnologias baseadas em NB-IoT ao exigir um equipamento com bateria de elevada autonomia, muitas vezes instalado em locais de difícil acesso com necessidades de cobertura alargada, explica operador.

“A Cisco é um parceiro chave no nosso ecossistema de IoT e o novo sistema de comutação de dados móveis será fundamental para permitir o rápido desenvolvimento de aplicações de IoT. A prova de conceito agora desenvolvida demonstra claramente a capacidade da arquitetura definida para suportar, de forma eficaz, uma gama de soluções de baixa potência, entre as quais a Telemetria de Água é um exemplo expressivo”, assegura Luís Alveirinho, Chief Technology Officer da Altice Portugal.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado