Noesis prevê contratar mais 100 pessoas em 2018

Cientistas de dados, especialistas em DevOps, analistas de negócio, programadores e consultores, são alguns dos profissionais pretendidos.

Alexandre Rosa, CEO da Noesis

A Noesis pretende integrar nas suas equipas mais de 100 profissionais, durante 2018, uma aposta com foco na ligação às universidades e institutos de investigação e desenvolvimento. “Nos nossos departamentos temos uma constante preocupação com a inovação e sustentabilidade, o que nos leva a querer trabalhar de perto com universidades e organizações de I&D”, argumenta Alexandre Rosa, CEO da Noesis.

A empresa procura sobretudo contratar cientistas de dados, especialistas em DevOps, analistas de negócio, programadores e consultores. Actualmente, a consultora tem 694 trabalhadores distribuídos por três escritórios em Portugal –Lisboa, Porto e Coimbra – e quatro no estrangeiro: Bélgica, Brasil, Irlanda e Holanda.

A promoção de uma cultura organizativa “orientada para as pessoas” é um elemento estratégico para a retenção de profissionais na empresa, sublinha Alexandre Rosa. A proximidade com os trabalhadores e o fomento do desenvolvimento do seu conhecimento capacidades são características dessa estratégica, refere.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado