Telemóveis portugueses vão ser apresentados no MWC 2018

Iki Mobile vai dar a conhecer a nova gama de dispositivos fabricados em Coruche.

A Iki Mobile participa, pela segunda vez, no Mobile World Congress.

A Iki Mobile anunciou que vai estar presente, pela segunda vez, no Mobile World Congress, em Barcelona, onde irá dar a conhecer a nova gama da marca portuguesa, menos de um mês após a inauguração da fábrica em Coruche.

A empresa irá também aproveitar a ocasião para dar a conhecer a fábrica aos participantes neste que é um dos principais eventos do sector da tecnologia a nível mundial.

Nos 2100 m2 da fábrica de Coruche serão produzidos “todos os equipamentos da Iki Mobile, descentralizando desta forma a produção nos países asiáticos”, avança a empresa em comunicado. A fábrica terá uma “capacidade máxima de produção de 100 mil telemóveis por mês, 12 mil moldes de plástico por dia e emprega, numa primeira fase, 36 pessoas. Numa segunda fase deverá criar cerca de 400 postos de trabalho.

A Iki Mobile pretende “substituir os materiais mais poluentes dos seus aparelhos, como o metal, por plástico reciclável, mantendo a inclusão de componentes com cortiça em alguns dos seus equipamentos que proporcionam a incorporação de várias vantagens à performance dos telemóveis” avança ainda o comunicado.

Na edição passada, a marca portuguesa apresentou o “primeiro smartphone do mundo feito com componentes em cortiça”, e “ganhou um troféu relativo ao design do seu stand”, assinala a empresa.

O MWC decorre entre 26 de Fevereiro e 1 de Março, na Fira Barcelona. A Iki poderá ser encontrada no Hall 8.1.



  1. Telemoveis fabricados na china. Cortiça comprada a preço de saldo e convertida num telemovel a um preço ultra inflacionado.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado