Nos inaugura centro de dados Imopolis II

Situado em Carnaxide, tem uma área útil de 630 metros quadrados, servirá para suportar serviços de cloud e analítica. Tem rede preparada para débitos de 32Gb FC ou 40 GE expansível a 100 GE.

A Nos inaugurou hoje o centro de dados,Imopolis II, no parque de datacenters da empresa, em Carnaxide, conjunto alvo de investimento contínuo na ordem dos 10 milhões de euros anuais.

“O novo datacenter vai aumentar a capacidade da empresa no suporte à sua atividade e no serviço aos seus clientes empresariais, em duas áreas suportadas pelo armazenamento de dados que estão a ter um crescimento exponencial: serviços de cloud e data analytics”, detalha Jorge Graça, administrador e CTO do operador.

A infra-estrutura ocupa uma área de cerca de 1000 m² e conta com uma área útil de 630 m2 de salas técnicas, para alojamento de sistemas de computação e armazenamento. A Nos tem previsto para 2018 um reforço da oferta de 50% na capacidade de armazenamento de dados e serviços associados.

No novo centro foram adoptadas soluções de orquestração e automação baseadas em Software Defined Network (SDN), gestão de serviços de cloud computing e virtualização. A interligação dos datacenters está assegurada por anéis de alto débito (100 Gbps).

O operador procura corresponder aos desafios crescentes da procura de armazenamento em SSD/All flash e computação de alto desempenho, sugere um comunicado.

A de cablagem e switching foram preparados para funcionar nativamente a débitos de 32Gb FC ou 40 GE expansível a 100 GE. Com esta última opção o operador pretende corresponder aos desafios crescentes da procura de tecnologias de armazenamento SSD/All flash e computação de alto desempenho ou “High Performance Computing”, sugere um comunicado.

Ainda em 2018, a Nos terão “mais infraestruturas de nova geração”, avança Jorge Graça. O centro foi ainda equipado tecnologias de suporte a maior eficiência energética e flexibilidade estrutural.

E de acordo com a Nos está preparado para expansão modular em todos os níveis de infra-estrutura.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado