Opensoft volta às universidades para recrutar engenheiros

A empresa vai visitar as universidades nas próximas semanas, com o objectivo de dar-se a conhecer e contratar 30 novos engenheiros de software, com e sem experiência, ainda este ano.

Mariana Sousa, directora de recursos humanos da Opensoft

A Opensoft vai promover a 8ª edição da Opentour, o roadshow da empresa que serve de ponto de partida para a contratação de novos colaboradores. Este ano o objectivo é contratar 30 novos engenheiros de software.

“Este ano, a empresa pretende recrutar 30 novos engenheiros de software, num equilíbrio entre profissionais com e sem experiência”, avança  Mariana Sousa, directora de recursos humanos da tecnológica.

Ao longo das várias edições, através deste programa, a empresa portuguesa especializada no desenvolvimento de software “business critical” contratou cerca de 70% dos seus recursos humanos.

A Opentour arranca este mês e durante a digressão, a tecnológica irá participar em feiras de emprego, apoiar eventos, fazer parcerias com universidades e organizar workshops sobre tecnologia, entre outras actividades.

Até ao momento está confirmada a presentação na Semana Informática do Instituto Superior Técnico (SINFO), no FISTA do ISCTE, na Careers Fair da Universidade do Algarve e nas Jornadas Tecnológicas da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (JORTEC), onde a Opensoft organizará também um “hackathon”, a 17 e 18 de Março.

A directora de recursos humanos da Opensoft explica que “vamos apresentar a ‘SuperTeam Opensoft’ e procurar os alunos certos para a reforçar”. A SuperTeam é “um grupo de acesso restrito, com entrada condicionada a regras apertadas, que se organiza para realizar ações excecionais, com dedicação, concentração, sentido do dever e de responsabilidade, com o intuito de solucionar situações críticas e em prol do ‘bem’ de terceiros”, enquadra Mariana Sousa.

Para esta equipa são recrutados “alunos com pouca experiência no mercado de trabalho, mas que têm um potencial elevado para desenvolver competências na área da engenharia de software”, explica.

Durante as Opentours, a empresa entra em contacto com muitos dos futuros engenheiros de software que vão integrar a sua equipa, quando estiverem disponíveis para o mercado de trabalho. A ligação é fomentada, explica Mariana Sousa e pode incluir a observação participantes dos candidatos, a realização de estágios ou trabalhos de tese de mestrado na nossa empresa”.

A empresa vai aproveitar a ocasião para divulgar a recentemente anunciada framework open source “Lightweightform”, que possibilita a criação de formulários web de elevada complexidade e que utiliza tecnologias como Angular, Node.js, HTML5 e Kotlin.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado