Office 2019 vai funcionar apenas em Windows 10

A disponibilização de versões preliminares começa no próximo trimestre.

O Office 2019 vai dispensar o instalador MSI e terá um grande requisito de sistema, quando entrar no próximo trimestre em fase de pré-lançamento: o Windows 10. Numa entrada de blogue, em que anuncia versões preliminares acaba por não avançar especificamente que recursos vêm com as novas aplicações.

Como a Microsoft confirmou anteriormente, a edição final do Office 2019 será disponibilizada durante o segundo semestre de 2018. O requisito do Windows 10 especifica que se trata de qualquer versão actualmente suportada, semanalmente com novas actualizações de recursos: basicamente o Windows 10 Home e Windows 10 Pro.

“O software com mais de uma década de idade e que não beneficia dessa inovação, dificilmente garantirá segurança e será inerentemente menos produtivo”, afirma a Microsoft. “À medida que o ritmo de mudança acelera, tornou-se imperativo levar o nosso software para uma cadência mais moderna”.

Outra novidade é que a suite virá sem o velho instalador da Microsoft, o MSI, e todas as aplicações usarão o “Click-to-Run”, já usado pelo Office 365. Para o Office 2019, a Microsoft prevê fornecer cinco anos de suporte geral e outros dois anos de suporte estendido.

A Microsoft também quer eliminar, do Office, a versão ProPlus que não está na mesma cadência das actualizações de Primavera e Outono

O ciclo deverá terminar a 14 de Outubro de 2025. A Microsoft também está a procurar eliminar, do Office, a versão ProPlus que não está na mesma cadência das actualizações de Primavera e Outono, como o Windows 10.

Embora as empresas possam essencialmente recusar as actualizações, conhecidas como “Long Term Stable Channel ou LTSC, estas não serão elegíveis para os ciclos de “upgrade” perpétuo do Office, após 14 de Janeiro de 2020.

As maiores implicações das mudanaças são para quem usa o Windows 8.1 ou mesmo o Windows 7, ao não poderem usar o o Office 2019. Para quem já usa o Windows 10, havendo uma licença válida, o fabricante actualizará as aplicações do Office 2019, nos processos semanais regulares.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado