AMD vai actualizar firmware contra falha Specter

A implantação tem carácter opcional e especialistas consideram que será melhor esperar, por testes feitos em ambiente real.

A AMD lançará actualizações de firmware para colmatar nos seus processadores, a falha Specter que afecta computadores, smartphones e tablet modernos. Mas ao contrário da Intel a implantação das correcções é opcional.

Quando a Meltdown e a Specter foram descobertos, a AMD disse que suas CPU não apresentavam a primeira vulnerabilidade. E que a segunda seria corrigida através de actualizações de sistemas operativos e software.

“As diferenças na arquitectura concebida pela AMD significam um risco quase zero de exploração” da segunda variante da Specter, acrescentou. No entanto, enquanto o CTO do fabricante, Mark Papermaster, diz acreditar “que as arquitecturas de processador da AMD tornam difícil explorar a variante”, a AMD agora planeia corrigir suas CPU.

Começará por lançar “actualizações de micro-código opcionais” para os processadores Ryzen, Threadripper e Epyc disponibilizando-as aos seus parceiros fabricantes de PC, ainda esta semana. No futuro, haverá actualizações de firmware para processadores mais antigos.

A AMD diz que os seus processadores apresentam risco quase zero face à segunda variante da Specter e que essas actualizações para as CPU são opcionais.

Mas pode ser conveniente não ter pressa, neste caso. Quando a Microsoft disse que as suas correcções para a Meltdown e a Specter podiam diminuir a velocidade dos PC, avançou especificamente que a segunda variante do Specter seria a única a pedir uma actualização do micro-código da CPU.

E acrescentou que as correcções para a segunda variante do Specter são aquelas que podem afectar o desempenho dos PC.  Se a AMD diz que os seus processadores apresentam risco quase zero face à segunda variante da Specter e que essas actualizações de CPU são opcionais, pode ser útil impedir que elas sejam instaladas até que seu potencial impacto no desempenho ter sido testado em ambiente.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado