Intel detalha impacto de novas protecções de CPU

O resultados sobre o índice de capacidade de resposta, que mede “pontos de dor” na experiência do utilizador, ao executar actividades comuns, sugerem uma redução de desempenho de 14%

As vulnerabilidades Meltdown e Spectre nos processadores da Intel estão a forçar um redesenho do núcleo dos sistemas operativos. O fabricante revelou esta quinta-feira que impacto, prevê em vários sistemas com as suas CPU, através de uma tabela detalhada (ver abaixo).

A versão do Windows no PC faz diferença e algumas aplicações, principalmente ferramentas de virtualização e de centro de dados e cloud computing, são mais afectadas do que outras. A Intel confirmou que a perda de desempenho dependerá do volume de trabalho. Mas “não deve ser significante” para os utilizadores domésticos.

A Microsoft oferece uma opinião ligeiramente diferente e mais matizada. O responsável pelo Windows, Terry Myerson, diz que “não espera que a maioria dos usuários perceba uma mudança” nos sistemas Windows 10 que executam os processadores Intel de 6ª, 7ª ou 8ª geração.

Os resultados de testes de referência já consideram as correcções. Mostram uma perda média de desempenho entre 2 e 7% no “benchmark” SESMark 2014 SE, que simula tarefas de produtividade e criação de conteúdos audiovisuais.

Contudo o índice de capacidade de resposta, que mede “pontos de dor” na experiência do utilizador, ao executar actividades comuns, sugere uma redução de desempenho de 14%.
No uso de aplicações de Internet com muita quantidade de JavaScript, a Intel nota perdas de 7 a 10%.

A Intel diz que a perda de desempenho é menos perceptível quando se usa um disco rígido mecânico

Os testes foram realizados em sistemas equipados com SSD. A Intel diz que a perda de desempenho é menos perceptível quando se usa um disco rígido rotativo.

Sobre o tema o criador do Linux, Linus Torvalds, considera que “alguns volumes dificilmente serão afectados, se eles simplesmente gastarem todo o seu tempo no espaço do utilizador“. Quando se fizer “muitas pequenas solicitações ao sistema, pode haver uma desaceleração de dois dígitos”, diz.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado