BEI e BPI disponibilizam até 300 milhões para apoiar inovação

As duas entidades reforçaram a sua cooperação e, através do Innovfin Garantia para as empresas de média capitalização, vão financiar a inovação em Portugal.

O Banco Europeu de Investimento (BEI) e o Banco BPI (BPI) anunciaram o estreitamento da sua cooperação e vão disponibilizar até 300 milhões de euros a PME e empresas de média capitalização.

Com o apoio do InnovFin MidCap Guarantee destinado a empresas de média capitalização e integrado no programa de investigação e inovação da União Europeia Horizonte 2020, o banco da UE concedeu ao BPI uma garantia para cobrir parcialmente o risco de crédito de uma carteira de novos empréstimos no valor de 300 milhões de euros.

O objetivo desta iniciativa é facilitar o acesso de projectos de inovação a concretizar por empresas portuguesas ao financiamento, disponibilizando uma garantia financeira parcial aos intermediários financeiros parceiros do BEI. 

Em comunicado, as organizações explicam que “a garantia InnovFin vai contribuir para a criação de emprego, já que as PME e mid-caps são veículos fundamentais para o crescimento económico do país”. O BEI estima que cerca de 80% dos investimentos financiados serão concretizados em regiões de coesão em Portugal.

A relação do BEI com o BPI iniciou-se em 1985. As duas instituições celebraram nos últimos anos numerosos acordos de financiamento para apoiar diferentes sectores da economia. O mais recente foi em Julho, quando o BEI concedeu um empréstimo de 100 milhões de euros ao BPI especificamente dedicado ao financiamento, em condições vantajosas, de projectos de empresas portuguesas de pequena e média dimensão (até 3.000 empregados).

Em 2016, o Grupo BEI disponibilizou 33,6 mil milhões de euros para negócios de pequena e média dimensão, alcançando 300 mil empresas em toda a UE. Em Portugal, também no último ano, o Grupo BEI celebrou acordos no montante de 1,78 mil milhões, incluindo 1,19 mil milhões de euros que contribuíram para apoiar mais de 8200 PME e mid-caps portuguesas.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado