Salesforce investe em startup de “chatbots”

Uma das empresas de capital de risco do fabricante participou de uma importante ronda de financiamento na I.am +, com 89 milhões de dólares.

Matt Garrett, vice-presidente da Salesforce Ventures

No primeiro dia da conferência Dreamforce, da Salesforce, realizada na semana passada, a empresa revelou ter investido 89 milhões de dólares da sua capital de risco, Salesforce Ventures na I.am +, em Março passado.

Esta é uma startup de tecnologia de “chabots” fundada por Will.i.am, ex-líder da banda pop, Black Eyed Peas. A empresa foi fundada em 2013, como fabricante de hardware para projectar auscultadores, câmaras e wearables.

Mas depois redireccionou o foco da sua actividade nos assistentes de voz suportados por inteligência artificial para empresas, com seu produto Omega. Desde 2016 está fortemente apostada em interfaces de voz, quando adquiriu a empresa israelita de aprendizagem automática Sensiya, por um montante, não divulgado em Maio desse ano.

Sobre o novo investimento, Matt Garrett, vice-presidente da Salesforce Ventures recorda que a empresa está a investir naquela área tecnológica há algum tempo, quando anunciou as suas iniciativas em torno dos “wearables”. A I.am + estava a desenvolver muitas coisas interessantes com a Salesforce usando um wearable, da startup, explica.

“Agora, a empresa está a desenvolver algumas coisas interessantes relacionadas com a forma como as empresas podem usar a voz em aplicações, no envolvimento com consumidores e empresas”. É difícil imaginar que a I.am + consiga concorrer com os principais assistentes de AI do mercado, todos suportados por grandes empresas ​de tecnologia como Amazon (Alexa), Microsoft (Cortana), Google e Apple (Siri).

A tecnologia da I.am + “não está alicerçada na plataforma nuclear da Salesforce, mas importa a forma como integra com as nossas aplicações e particularmente com a Sales Cloud”.

Mas Garrett não desarma: “Estão competindo com alguns grandes intervenientes no mercado, mas o que neutraliza parte dessa preocupação e o conhecimento que têm sobre os segmentos de consumo e sobre a experiência de utilizador, além da forma interessante como isso se liga ao mundo empresarial”.

O potencial valor estratégico do investimento envolve a forma como a tecnologia da I.am + pode ser integrada com a plataforma da Salesforce. “Não está alicerçada na plataforma nuclear da Salesforce, mas importa a forma como integra com as nossas aplicações e particularmente com a Sales Cloud”.

A Salesforce Ventures já investiu em empresas, hoje cotadas em bolsa, como a Box, a Twilio e a Mulesoft. Actualmente possui cinco fundos activos, cada um com um foco específico: Salesforce Impact Fund (50 milhões de dólares), a Salesforce AI Innovation Fund (50 milhões de dóalres), SI Trailblazer Fund (50 milhões de dólares), Salesforce Platform Fund (100 milhões de dólares) e o EMEA Fund (100 milhões).




Deixe um comentário

O seu email não será publicado