Plataforma de moda online vai abrir centro tecnológico em Portugal

A plataforma de moda alemã Zalando anunciou a abertura de um centro tecnológico em Lisboa no início de 2018 e pretende contratar 50 pessoas no espaço de um ano.

Charline Merieau (Zalando), Rui Coelho (director executivo da Invest Lisboa), Ricardo Marvão (co-fundador da Beta-i) e Marc Lamik (Responsável pela inovação e parecerias da Zalando)

O terceiro centro tecnológico internacional da Zalando, fora da Alemanha, vai abrir em Lisboa. O espaço em Portugal será inaugurado no início de 2018 e a empresa espera contratar 50 profissionais no primeiro ano de operações.

A Zalando anunciou ainda que tem como objectivo “fazer crescer as operações da plataforma e aumentar as ofertas digitais para que pessoas e moda se conectem de várias formas”.

A plataforma de moda online anunciou que está a recrutar activamente nas áreas de engenharia de software frontend e backend, product managers e designers UX, tanto da indústria como de instituições académicas, para trabalharem nos produtos e ferramentas que irão continuar a melhorar a experiência digital da loja.

O centro tecnológico de Lisboa vai focar-se “no desenvolvimento de uma melhor experiência digital para os clientes” da loja de moda que está disponível em 15 mercados europeus.

Fora da Alemanha, a empresa tem um “Centro de Insights da Moda”, em Dublin, e um centro tecnológico de Helsínquia. As operações na Irlanda estão focadas em pesquisa de engenharia e ciência dos dados, incluindo I&D sobre como construir uma plataforma de insights em tempo real sobre moda. Na Finlândia, as equipas tecnológicas trabalham em componentes de personalização e influência social fashion.

O foco na experiência do consumidor “é um passo estratégico para garantir que continuamos à frente das expectativas dos clientes no que se refere à personalização, inspiração e processo de compra”, explica Marc Lamik, responsável pela inovação e parcerias na Zalando.

A escolha recaiu sobre Lisboa, porque, “oferece o ambiente certo para o desenvolvimento do nosso novo centro. O ecossistema tecnológico da cidade vai permitir-nos atrair os profissionais talentosos que precisamos e, vamos também estar em contacto com a comunidade local de startups”, acrescentou.

Rui Coelho, director executiva da Invest Lisboa, congratula-se com a opção da Zalando e assegura que “vamos continuar a fazer o nosso melhor para que a Zalando seja bem-sucedida e cresça. Para nós, a Zalando (…) encaixa-se perfeitamente no ecossistema que estamos a desenvolver em Lisboa: um mix de tecnologia e criatividade de braços abertos para as startups”.

Globalmente, a equipa de tecnologia da Zalando cresceu para mais de 1.800 profissionais em todas as localizações. A maioria dos colaboradores da área de tecnologia da Zalando estão localizados na sede da empresa em Berlim, com cerca de 120 nos centros da Alemanha, em Dortmund e Hamburgo. Dublin e Helsínquia contam com uma equipa de aproximadamente 100 pessoas em cada localização.

O processo de recrutamento para o centro tecnológico da Zalando em Lisboa já começou. Para consultar mais informações sobre as vagas disponíveis, consulte o site de carreiras da empresa:

Tecnologia na Zalando

A Equipa Tecnológica da Zalando está localizada em Berlim (sede), Dortmund, Hamburgo, Erfurt e Mönchengladbach, na Alemanha; Dublin, na Irlanda; Helsínquia, na Finlândia; e a partir do primeiro trimestre de 2018 em Lisboa, Portugal. A empresa conta com mais de 1800 profissionais de mais de 50 nacionalidades diferentes, distribuídos por mais de 200 equipas de entrega em todas as localizações.

A plataforma Zalando é maioritariamente desenvolvida internamente, utilizando tecnologias de ponta e open source, como React, Scala, Python, Cassandra, Clojure, AWS e Docker. O cinco princípios fundamentais dos sistemas de construção são API First, REST, SaaS, cloud e micro-serviços.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado