H3 adopta solução de apoio à gestão operacional

O grupo nacional de restaurantes centralizou os dados da rede dos 59 restaurantes geridos directamente, num sistema de suporte à gestão operacional e estratégica da Primavera.

 

A cadeia de restaurantes de hambúrgueres gourmet H3 está a gerir as suas operações em todos os pontos da cadeia de logística, administração central e gestão de Recursos Humanos das lojas próprias com o apoio de soluções da Primavera.

A cadeia de restaurantes, que nasceu há cerca de uma década, tem vindo gradualmente a crescer, contemplando restaurantes próprios e “franchisados”, em Portugal, no Brasil e em Angola.

O crescimento do negócio “tornou crítica a necessidade de implementar procedimentos uniformes de gestão em todas as suas lojas, assegurar o controlo das operações de compra a fornecedores, agilizar a introdução de dados e centralizar toda a informação em tempo real numa só plataforma”, explica o fornecedor da solução de suporte à gestão operacional e estratégica.

O Grupo H3 conta actualmente com 74 restaurantes, de várias insígnias, onde trabalha para “garantir a qualidade das cerca de 16500 refeições servidas diariamente”.

A solução centralizada no ERP da Primavera foi implantada nas 59 lojas próprias, geridas directamente pelo H3.  Esta solução está integrada com os sistemas de frente de loja (POS) e com o portal onde é efectuada toda a gestão logística. Foi ainda implementada uma solução de “reporting” que permite obter dados de gestão estruturados e actualizados sobre as áreas financeira, vendas e recursos humanos.

Com base no “reporting”, “tomámos decisões de abrir lojas ou apostar em novos conceitos com base na informação, sempre actualizada e com elevado nível de detalhe e rigor”, Marta Costa (H3).

A solução permitiu a padronização dos processos, desde o pedido de encomendas, à recepção de mercadorias, do registo de inventário, à gestão de colaboradores, da avaliação de resultados de cada loja à medição da satisfação dos clientes, sendo possível acompanhar tudo em tempo real, explica Marta Costa, directora Financeira da H3.

Os processos foram uniformizados, simplificados e tornou-se mais fácil a análise da informação, explica o fornecedor, contribuindo para se “alcançar a eficiência transversal do negócio” e obter uma “visão holística”.

A responsável do H3 acrescenta que a solidez do reporting financeiro foi outro dos grandes benefícios encontrados. Após a implantação “tomámos decisões de abrir lojas ou apostar em novos conceitos com base na informação, sempre actualizada e com elevado nível de detalhe e rigor”.

As lojas franchisadas são geridas de forma independente e podem ter outros softwares, esclareceu fonte oficial da empresa.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado