InnoWave vai abrir escritório no Dubai

A empresa conta ter instalações ainda este mês, numa operação de Pedro Mariano Teixeira.

Pedro Mariano Teixeira, director executivo da InnoWave

A InnoWave vai abrir um novo escritório no Dubai, com o processo a avançar já em Outubro, liderado por Pedro Mariano Teixeira, nomeado para director executivo da operação.“Estes mercados têm as características que procuramos desde o momento da criação da empresa: sofisticação na oferta de produtos e serviços, transparência, alto nível de concorrência e compromisso com a inovação””, observa Tiago Gonçalves, CEO da empresa.

O objectivo é iniciar o desenvolvimento do negócio ainda este ano, em paralelo com a criação da empresa local, e acelerar o crescimento no Médio Oriente. Assim tem em perspectiva abordar outros mercados daquela região, nomeadamente o da Arábia Saudita, Omã, Qatar, Kuwait e Bahrain.

“Vamos nesta altura criar a estrutura local com vista a desenvolver o negócio nesta geografia contando na fase inicial com o envolvimento e participação das equipas técnicas do Head Office em Portugal”, diz o responsável da Innowave Middle East.

Pedro Mariano Teixeira transita da WeDo Technologies, organização para qual passou os últimos anos a desenvolver negócio estes mercados, fechando contratos com clientes como a Etisalat UAE, Ooredoo Oman, Vodafone Qatar, Saudi Telecom e Zain Kuwait.

“Estamos já a trabalhar com um operador de telecomunicações, na área de ‘quality assurance’, e temos conversas avançadas com outros dois operadores líderes de mercado na região», adianta Tiago Gonçalves (InnoWave )

Com esta abertura, o Grupo InnoWave passa a contar com 8 empresas: a InnoWave Portugal, Bélgica e Inglaterra, a Thought Creator, empresa especializada em IoT, e já este ano os novos escritórios abertos na Holanda e EUA, bem como a Loka Systems – joint-venture com o parceiro WND, sediada no Reino Unido e dedicada a dispositivos de IoT.

A empresa encontrava-se há dois  anos a efectuar prospecção comercial no Médio Oriente, pelo que a abertura do escritório era o passo lógico a seguir, diz o comunicado. “Estamos já a trabalhar com um operador de telecomunicações, na área de ‘quality assurance’, e temos conversas avançadas com outros dois operadores líderes de mercado na região», adianta Tiago Gonçalves.

Em termos de oferta para a região, a aposta vai recair sobretudo no leque de serviços associados à oferta da empresa, nomeadamente em “smart-sourcing”, automaçãoa de testes Test Automation (produto InnSpect), mas também com um foco na expansão nas áreas de gamificação e tecnologias, como as de inteligência artificial e
IoT.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado