Opensoft passa os 2,1 milhões no primeiro semestre

O resultado permite à empresa manter a meta de atingir os 4,3 milhões em volume de negócios até final do ano, período em que prevê contratar mais dez pessoas.

José Vilarinho, CEO da Opensoft

A Opensoft revelou ter fechado o primeiro semestre de actividade de 2017 com um crescimento de 20% face ao período homólogo de 2016, atingindo uma facturação de 2,113 milhões de euros. Face ao resultado financeiro a empresa mantém a expectativa de ultrapassar os 4,3 milhões em volume de negócio.

“Continuamos a crescer em número de colaboradores e em volume de negócios, angariando novos clientes na banca e novos projetos, especialmente nas áreas de desenvolvimento aplicacional e consultoria tecnológica. Estamos com a expectativa que este crescimento se mantenha até ao final do ano”, avança José Vilarinho, CEO da Opensoft.

No primeiro semestre a organização contratou nove profissionais e prevê contratar mais dez até final de 2017. Nas suas perspectivas de crescimento para 2017 estão também os mercados internacionais,

“Estamos a integrar algumas missões empresariais para avaliar oportunidades de expansão internacional. No segundo semestre faremos uma aposta mais concertada além-fronteiras, nomeadamente em alguns países europeus”, declara o CEO.

“Vamos continuar a apostar na qualidade das soluções que desenvolvemos, criando mecanismos que garantam o seu desenvolvimento mais célere, e na formação dos nossos colaboradores”, diz José Vilarinho (Opensoft)

No primeiro semestre, e para fazer face ao crescimento, a Opensoft continuou a apostar na contratação de gestores de projecto e engenheiros de software. Até final do ano, a empresa vai continuar a reforçar a equipa na área tecnológica. O primeiro semestre da empresa ficou igualmente marcado pela nomeação de Ricardo Caetano como CTO, ficando responsável pela gestão dos recursos tecnológicos da empresa (materiais e humanos).

“Vamos continuar a apostar na qualidade das soluções que desenvolvemos, criando mecanismos que garantam o seu desenvolvimento mais célere, e na formação dos nossos colaboradores, porque acreditamos que só desta forma poderemos incorporar novas ideias e métodos de trabalho”, comenta ainda Vilarinho.

A Opensoft vai voltar a marcar presença na Web Summit, agendada para 6 a 9 de Novembro, com o objectivo de reforçar a aposta na internacionalização e atrair profissionais especializados.

*Com comunicado




Deixe um comentário

O seu email não será publicado