Gartner identifica três maiores fornecedores de IaaS

O mercado mundial de IaaS na cloud pública cresceu 31% em 2016 para 22,1 mil milhões de dólares, segundo o Gartner.

O Gartner anunciou que o mercado de Infra-estrutura as a Service (IaaS) na cloud pública aumentou de 16,8 mil milhões de dólares em 2015 para 22,1 mil milhões de dólares em 2016, o que representa um crescimento homólogo de 31%.

A Amazon ocupou a primeira posição no mercado de IaaS em 2016, seguida da Microsoft e da Alibaba, segundo a mais recente análise das quotas de mercado na cloud pública, realizada pelo Gartner.

“O mercado de serviços na cloud está, actualmente, a crescer mais rápido do que virtualmente qualquer outro mercado de TI. Muito deste crescimento acontece à custa dos fornecedores tradicionais de ofertas não-cloud”, refere Sid Nag, director de pesquisa no Gartner.

“A procura de IaaS na cloud continua a apresentar um crescimento acentuado e, este crescimento está igualmente a contribuir para o crescimento de outros segmentos directamente relacionados. As Plataformas as a Service (PaaS) e o Software as a Service (SaaS) estão também a presentar fortes crescimentos, mas o negócio IaaS deverá continuar a apresentar a evolução mais acelerada nos próximos cinco anos”.

Dentro do mercado de IaaS, o Gartner diz que os três maiores fornecedores de larga escala apresentam um crescimento significativamente acima da média.

O Gartner acredita que, à medida que a pressão da concorrência aumentar, a quota da Amazon irá baixar, em parte porque fornecedores de menor dimensão estão trabalham para disponibilizar serviços com mais valor. Outros líderes de mercado IaaS vão continuar a crescer.

A Amazon Web Services (AWS) dominou o mercado em 2016, a Microsoft Azure ganhou impulso e a Google também cresceu.

O Gartner acredita que, à medida que a pressão da concorrência aumentar, a quota da Amazon irá baixar, em parte porque fornecedores de menor dimensão estão trabalham para disponibilizar serviços com mais valor. Outros líderes de mercado IaaS vão continuar a crescer.

A Amazon lidera actualmente o mercado com uma quota de 44,2%. A Amazon atingiu esta posição ao prestar serviços abrangentes e variados a um grande conjunto de clientes nas mais variadas situações – desde startups já nascidas na cloud, a negócios de média dimensão que pretendem alavancar o negócio deixando as aplicações tradicionais, até grandes empresas a desenvolver processos de transformação com migração de sistemas para a cloud.

A Microsoft assegura a segunda posição do mercado de IaaS com 7,1% de quota, o que representa um crescimento de 61,1% em 2016 face ao ano anterior. A Microsoft solidificou a sua posição de liderança através do investimento no desenvolvimento de capacidades IaaS, mas também de fortes estatégias de marketing e vendas, refere o Gartner.

O terceiro lugar é ocupado pela Alibaba que apresentou um crescimento de 127% durante 2016, um reflexo da posição que a empresa tem na China onde é o maior fornecedor em volume de serviços cloud. A Alibaba está ainda a expandir-se internacionalmente com o lançamento de quatro centros de dados na Europa, Austrália, Médio Oriente e Japão.

“O crescimento mundial do mercado mundial de serviços na cloud pública continua impulsionado por negócios digitais, pela consolidação de centros de dados e por migrações de aplicações para a cloud”, diz Nag num comunicado.

“Os responsáveis pelo planeamento das estratégias tecnológicas devem criar ofertas relevantes, mas também criar ecossistemas de parceiros para poder aproveitar a oportunidade”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado