Unbabel com serviço de tradução para vídeos

A oferta recorre a processos de aprendizagem automática cujos resultados de tradução são afinados por editores integrados numa comunidade de 50 mil disponíveis, em modelo de “crowdsourcing”.

A Unbabel passou a disponibilizar o serviço Unbabel for Video, um novo serviço para fornecer traduções para conteúdos de áudio e vídeo. A oferta dirige-se ao mercado de transcrição, tradução e legendagem, sendo posicionada como alternativa com custos mais baixo e maior eficiência.

O serviço do tipo “managed services“ recorre às capacidades da plataforma de tecnologia proprietária da startup portuguesa. Foi projectado para transcrever e traduzir conteúdo de vídeo e áudio, produzindo texto passível de pesquisa e com uma marca temporal, em dezenas de idiomas, refere um comunicado da empresa.

Para isso combina um sistema neural de tradução automática, inteligência artificial, algoritmos de estimativa de qualidade e uma rede global de mais de 50 mil editores pós-editores de tradução bilingues. Na plataforma são introduzidos dados específicos fornecidos pelo cliente para treino dos sistemas e inclui motores de tradução automática adaptados a tipos de conteúdo.

Beneficia de uma série de algoritmos de aprendizagem automática, que a Unbabel diz serem diferenciadores. Os resultados dos processos de tradução inerentes são distribuídos de forma racionalizada para a comunidade de tradutores e editores.

Estes usam ainda ferramentas personalizadas e sistemas de auto-aprendizagem subjacentes para fazerem a revisão e edição textual. De acordo com a startup, as transcrições são produzidas com atenção a necessidades de Search Engine Optimization.

O referido sistema de estimativa de qualidade, classifica a traduções e identifica palavras incorrectas para sinalizar possíveis imprecisões, acrescenta ainda. “Estamos a abrir mais um caminho para o conteúdo que já foi visto como intraduzível e a incentivar as empresas a aproveitarem ao máximo o valor que os vídeos oferecem”, considera Vasco Pedro, CEO e co-fundador da Unbabel.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado