Office 2019 agendado para 2018

O preço não foi divulgado, mas a suite é dirigida a quem quer não pagar pelo Office 365 para sempre.

A Microsoft gostava mais que todos os seus clientes passassem a usar uma das suas suites de produtividade em cloud computing: Office 365, ou melhor ainda, a nova Microsoft 365. Mas, para os mais renitentes que preferem um software autónomo, anunciou o Office 2019 esta terça-feira.

Será lançado no segundo semestre de 2018, segundo a Microsoft, com uma versão prévia programada para meados de 2018. A suite do Office 2019 incluirá o complementos habituais de aplicações: Word, Excel, PowerPoint, Outlook, além daquelas de servidor, como o Exchange, o SharePoint e o Skype for Business.

Presumivelmente, a Microsoft oferecerá diferentes versões do Office 2019 (incluindo uma versão para o Apple Mac), mas ainda não avançou informações sobre isso. A Microsoft preferia que os clientes adoptassem um solução em cloud, no entanto, o que os incentiva a pagarem, nesse caso, o Office mensalmente ou anualmente é a possibilidade de terem novos recursos e patches que regularmente.

Mas ter uma licença perpétua para algumas pessoas dá acesso ao que lhes é suficiente e as funções básicas não mudam muito de ano para ano. E mesmo que o fabricante deixe de adicionar recursos.

 




Deixe um comentário

O seu email não será publicado