BPI apresenta concurso de empreendedorismo

Há prémios “territoriais“ e cinco principais com o valor de 25 mil euros. O período de candidaturas já começou e termina a 3 de Novembro.

O BPI avançou com a primeira edição em Portugal dos Prémios Empreendedor XXI, iniciativa organizada em parceria com a Caixa Capital Risc (Criteria Caixa), a sociedade gestora de empresas de capital de risco da Fundação “la Caixa”. O concurso de empreendedorismo atribuirá dois galardões às empresas com maior impacto na sua área geográfica de origem, um na zona Norte e Centro e outro em Lisboa, Sul e Ilhas, diz um comunicado.

“Os vencedores territoriais receberão cinco mil euros e uma bolsa para participar num programa internacional de desenvolvimento empresarial, ‘Ignite Fast Track’, da Universidade de Cambridge (Reino Unido)”, especifica. Mas há cinco prémios principais, mais apelativos, cada um dirigido às empresas de Portugal e Espanha mais destacadas nos seguintes sectores: ciências da vida, TI, negócio digital, tecnologias industriais e agro-alimentar.

As condições de candidatura abrangem a exigência de que os negócios sejam “altamente inovadores com menos de três anos de actividade”. Os valor de cada prémio ascende 25 mil euros, incluindo o acesso a um programa internacional de crescimento, organizado com a Singularity University (Silicon Valley).

A edição de 2017 dos Prémios Empreendedor XXI distribuirá cerca de 490 mil euros, revela a nota de imprensa. Os empreendedores que pretendam apresentar os seus projectos têm até 3 de Novembro para submeter a sua candidatura online.

A fase final de decisão dos Prémios Empreendedor XXI terá lugar no mês de Março.

Durante os meses de Novembro e Dezembro serão avaliadas as candidaturas e seleccionados os finalistas. No primeiro trimestre de 2018 serão realizadas as cerimónias de entrega dos prémios territoriais. A fase final de decisão dos Prémios Empreendedor XXI terá lugar no mês de Março.

Os prémios serão realizados pela primeira vez em Portugal no âmbito da estratégia do CaixaBank, de implementar alguns dos seus programas no  país, após o BPI ter passado a fazer parte do grupo no passado mês de Fevereiro.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado