Lidera com Bitglass na Península Ibérica

A empresa de soluções de segurança escolheu o distribuidor para a ibéria pela posição no mercado e pela parceria que tem com um OEM da Bitglass.

Eduard Meelhuysen, vice-presidente Vendas EMEA, Martijn Duijm, SE manager EMEA

Eduard Meelhuysen, vice-presidente de vendas EMEA, Martijn Duijm, SE manager EMEA

A norte-americana Bitglass e a Lidera assinaram no início do mês de Junho uma parceria que tem como objectivo a distribuição dos equipamentos daquele fabricante de soluções de segurança em Portugal e Espanha.

A selecção do parceiro recaiu sobre a Lidera porque “trabalha na Ibéria há muitos anos”, com “foco tanto no mercado espanhol como português”, assinala Eduard Meelhuysen, vice-presidente de vendas para a EMEA e Latam. Contribuiu ainda para a escolha deste parceiro a “reorientação para a distribuição de segurança e a relação com muitos revendedores locais”, bem como a relação da Lidera com a Cylance, uma empresa com a qual a Bitglass tem um acordo de OEM (Original Equipment Manufacturer).

Em Portugal, a Bitglass ambiciona encontrar “pelo menos cinco parceiros” para chegar aos clientes portugueses, estratégia para a qual contribuirá a parceria com a Lidera, sublinha Meelhuysen. O negócio irá evoluir a partir do momento em que sejam angariados “parceiros locais e utilizadores finais” em Portugal.

Os objectivos para Portugal são ambiciosos, embora Eduard Meelhuysen não avance perspectivas concretas. “A Lidera será a nossa extensão no mercado português”, explica o vice-presidente. A Bitglass tem escritórios em Barcelona, “onde pretende investir durante o próximo ano”.

O mercado-alvo da Bitglass é o das grandes organizações, que têm muitos dados sensíveis e querem passar as operações para a cloud ou que já estão a utilizar aplicações cloud, explica o responsável. Dentro daquele universo, o destaque vai para o sector financeiro, retalho, indústria e farmacêuticas, mas “actualmente temos qualquer tipo de cliente”.

Os clientes da Bitglass, “querem assegurar que os dados estão seguros quando utilizam aplicações de cloud a partir de qualquer local ou dispositivo em BYOD, gerido ou não gerido)”, sublinha o responsável.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado