SAP estuda startups portuguesas para programa Focus

Durante o Lisbon Investment Summit, o fabricante está a desenvolver contactos com empresas pré-seleccionadas, tendo em vista a entrada na sua iniciativa de aceleração de negócio.

Maria Luísa Silva, directora do Startup Focus Program

A SAP quer desenvolver contactos durante a Lisbon Investment Summit com um conjunto de 20 startups pré-seleccionadas, para estudar a potencial incorporação de uma ou mais no SAP Startup Focus. Contactada pelo Computerworld para revelar a lista, o fabricante argumentou que prefere anunciar mais tarde a startup ou grupo escolhido.

O Startup Focus engloba já mais de 5600 startups, de 25 sectores de actividade e oriundas de 58 países. A SAP conta ainda apresentar um novo fundo de suporte recém-lançado, o SAP.iO, no valor de 35 milhões de dólares

O programa acelerador de startups faz parte da estratégia “Open Innovation Ecosystem” e as soluções nele desenvolvidas são dirigidas aos clientes de escala mundial do fabricante. Ao participar no evento, a SAP pretende incentivar as “startups” portuguesas, focadas no desenvolvimento de aplicações para big data e analítica preditiva e em tempo real, a candidatarem-se ao programa.

Interessa-lhe também que desenvolvam os seus produtos nas suas plataformas tecnológicas. Maria Luísa Silva, directora do SAP Startup Focus Program diz que “nos últimos 12 meses entraram no programa 2200 startups à escala mundial” A iniciativa possibilitou que mais de 260 soluções desenvolvidas por startups em SAP HANA estejam actualmente disponíveis no mercado, acrescenta.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado