Tec4Sea receberá investimento de 5,3 milhões

Verbas são provenientes da FCT, Norte 2020, Algarve 2020 e do sector privado.

A plataforma laboratorial vocacionada para investigação e desenvolvimento de tecnologia para a economia do mar, Tec4Sea, vai receber investimento na ordem dos 5,3 milhões de euros. A rede de infra-estruturas de escala nacional será oficialmente lançada a 5 de Junho durante o evento Business2Sea, antes denominado Fórum do Mar.

As verbas previstas serão provenientes da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Norte 2020, Algarve 2020 e do sector privado: a A.Silva Matos e a EDP Lablec já estabeleceram parcerias com investimento próprio. Os gestores da iniciativa querem abri-la a mais entidades.

A Tec2Sea foi criada e está a ser implantada desde 2014 pelo Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e pelo Centro de Investigação Tecnológica do Algarve (CINTAL).

Augustin Olivier, um dos responsáveis do INESC TEC pela infraestrutura Tec4Sea, considera que além das empresas tradicionais (da pesca à reparação naval e portos) podem beneficiar da plataforma, organizações de segmentos como o da
mineração do fundo marinho, produtos e serviços Hi-Tec, energia renovável offshore, aquacultura offshore, biotecnologia, vigilância e segurança marítima.

A Tec2Sea deverá servir como suporte logístico, técnico e humano ao longo do processo de desenvolvimento, teste, validação e transferência de tecnologia para o mercado.

A plataforma tem laboratórios no Porto (seis) e em Faro (disponibilizados pelo CINTAL), além de outros pólos.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado