Java 9 atrasado por controvérsia sobre a sua modularidade

A nova versão da plataforma não será lançada no final de Julho, apesar de já haver novo consenso.

A Oracle propôs que a disponibilização da Java 9 Standard Edition seja adiada até Setembro, revelou Georges Saab, vice-presidente de desenvolvimento de software da plataforma Java Grupo na Oracle e presidente do conselho director da OpenJDK.

O objectivo do adiamento visa permitir que a comunidade open source resolva a controvérsia sobre a modularidade da tecnologia, já anteriormente prevista. O lançamento da nova versão estava prevista para Julho.

O Java Platform Module System, uma capacidade chave do Java Development Kit 9 e objecto da Java Specification Request (JSR) 376, falhou numa votação do comité executivo para a Java no início deste mês. A IBM, Red Hat e a Twitter, entre outros, votaram contra o plano, por acreditarem que seria muito perturbador para os programadores e levaria a fragmentações na comunidade com actividade em torno da tecnologia.

A medida foi enviada de volta ao grupo de especialistas autores da proposta para uma discussão mais aprofundada. Desde então, o grupo já chegou a um consenso sobre como abordar as preocupações em torno da modularidade, disse Saab.

A nova proposta inclui possui tecnologia conhecida como Project Jigsaw, centrada num sistema de módulos e destinada a tornar o Java mais expansível.

Contudo não será possível fazer as alterações a tempo da data inicial de lançamento: 27 de Julho. Depois da equipa submeter a revisão da JSR 376 ao comité executivo para aprovação, haverá um período de revisão de duas semanas sobre a mesma.

A proposta inclui possui tecnologia conhecida como Project Jigsaw, centrada num sistema de módulos e destinada a tornar o Java mais expansível. O atraso na actualização da Java 9, no entanto, deve ser temporário. A Oracle espera conseguir uma cadência mais rápida de lançamentos de Java SE no futuro, promete Saab.

Um ritmo mais acelerado, anualmente ou mesmo mais rápido, aumentará o número de oportunidades para adicionar recursos e reduzir tempos de espera, considera. Para facilitar a migração para a nova abordagem de modularidade do Java 9, Mark Reinhold, o principal arquitecto de Java da Oracle, propôs uma modo de acesso com carácter excepcional à tecnologia.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado