Claranet firma compra da Iten Solutions

O valor da aquisição não é revelado mas a empresa diz que é a maior das cinco realizadas nos últimos três anos. Em perspectiva está a formação de uma organização com cerca de 500 profissionais.

António Miguel Ferreira, CEO da Claranet Portugal

A Claranet anunciar a aquisição da ITEN Solutions, integrador que resultou da fusão da Prológica com a CPCis, em 2013, tendo com chairman João Pinto e Sousa e como CEO, Jorge Queiroz Machado. O último executivo fará parte da nova comissão executiva do grupo em Portugal e liderará duas  áreas de negócio: “Technology & Talent” e “Workplace Productivity”.

O operador de origem britânica com actividade nos segmentos de alojamento de TI, cloud computing, segurança e disponibilização de postos de trabalho como um serviço (“as-a-service”), vai fundir-se com um parceiro dedicado também a várias áreas incluindo a de cloud computing:
‒ serviços de nearshoring;
‒ soluções de mobilidade;
‒ serviços de gestão de contratos e ciclo de vida de equipamento de posto de trabalho;
‒ gestão à distância de infra-estrutura de TI;
‒ gestão de parque de equipamento de impressão.

Jorge Queiroz Machado, fundador da Iten Solutions

O negócio de cloud computing da Iten inclui a parceria com a Microsoft para comercialização das plataformas de

ERP e CRM, Dyanmics Nav e Dynamics CRM. A empresa comprada tem instalações no Porto e em Lisboa.

A quinta operação do género do grupo Claranet, em Portugal, nos últimos três anos, reforça a estratégia de expansão internacional da organização britânica. Resulta, estima em comunicado, numa estrutura de recursos com quase 500 colaboradores, distribuída pelos escritórios da empresa em Lisboa, Porto e Faro.

 

“A aquisição da ITEN, pela sua dimensão, é uma das mais relevantes de sempre no mercado das TI em Portugal e representa uma nova etapa significativa no nosso plano”, observa António Miguel Ferreira, presidente da comissão executiva da Claranet em Portugal. No entanto não avança o valor da transacção.

“Já provámos, com as aquisições que fizemos nos últimos três anos, que somos capazes de integrar com sucesso novas empresas incorporando novo know-how e acelerando o nosso crescimento.

Segundo Jorge Queiroz Machado (CEO da Iten), “há mais de um ano” que as duas empresas têm “discussões estratégicas”

No entanto, a profundidade do nosso portefólio, a dimensão e competência das nossas equipas, permite-nos ambicionar liderar também noutras áreas-chave dos serviços de TI em Portugal, oferecendo mais soluções aos nossos clientes”, comenta ainda.

Segundo Jorge Queiroz Machado, “há mais de um ano” que as duas empresas têm “discussões estratégicas”, “sobre o futuro do mercado de TI em Portugal, o nosso papel no mercado internacional e como ajudar os nossos clientes a transformarem o seu negócio”.

Na sua visão existem muitos “pontos em comum”, dos quais, além os valores, destaca “a ambição de ser um dos principais agentes do desenvolvimento e inovação de TI em Portugal”




Deixe um comentário

O seu email não será publicado