Equipa portuguesa singra em hackathon da Vinci

O projecto “Corrosion Squad” de profissionais da Axians Portugal, pertencente ao grupo francês, venceu um concurso focado em soluções de IoT e Big Data.

David Jardim, Hugo Bragança, Luís Rodrigues, Ricardo Carvalho e Tiago Bernardo, da Axians Portugal, venceram o primeiro hackathon internacional promovido pela Vinci Energies. O projecto “Corrosion Squad”com o qual concorreram está centrado na eficiência da manutenção de redes elétricas.

A solução proposta “permite identificar e classificar automaticamente a corrosão em postes da rede elétrica, reduzindo os custos nas operações de manutenção destas infraestruturas”, explica um comunicado. “Actualmente o processo de inspeção das infraestruturas da rede elétrica é moroso porque é necessário verificar manualmente imagens recolhidas em cada inspeção. O que propomos é automatizar esta análise através de uma plataforma que usa algoritmos de visão de computador e a aprendizagem automática que permitam detetar corrosão e ainda prever fenómenos de corrosão futura”, detalha Ricardo Carvalho, arquitecto para soluções de IoT da Axians Portugal.

O concurso “Hack La Factory” decorreu em Paris durante 48 horas consecutivas no passado fim de semana e com 200 participantes, startups, empreendedores e trabalhadores da VINCI Energies, incluindo programadores, data scientists, designers, marketeers, entre outros.

Os projectos foram avaliados por um júri composto por Yves Meignié (CEO Vinci Energies), Lydia Victor (diretora de inovação Vinci Energies), Patrick Le Brun (diretor-geral adjunto Vinci Energies) e por representantes de parceiros como a Cisco, Microsoft, Siemens e Oracle.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado