HPE admite potenciais problemas com processador Intel

O fabricante junta-se à Cisco e à Juniper que já tinham assinalado um problema de sinal de relógio, nos seus equipamentos.

intel-atom-c2000A Hewlett Packard Enterprise (HPE) é o fabricante mais recente a reconhecer problemas num processador, o Atom C2000, especificou, que equipa alguns das suas máquinas. A Cisco já identificou problemas de sinal de relógio defeituoso, num componente dos seus produtos, capazes de causar a falha sem recuperação em equipamentos.

Mas a HPE diz não ter recebido reclamações de clientes. E ao contrário da Cisco e da Juniper (emitiu nota na semana passada), não identificou o produtos afectados, nem ofereceu detalhes sobre o que os clientes podem fazer caso ocorra o problema.

Quando identificou o problema no início do corrente mês, a Cisco referiu que fornecerá produtos de substituição para máquinas com o componente, coberta por garantia qualquer contrato de serviços válido datado até 16 de Novembro de 2016″.

Disse também ter reservado 125 milhões de dólares para ajudar a cobrir o custo da substituição de equipamentos de rede que deverão ser afectados. A Juniper revelou estar a trabalhar “directamente com todos os clientes impactados numa solução rápida. ”

Nem a Cisco nem a Juniper estão dispostas a identificar o fabricante do componente, mas os problemas coincidem com as dificuldades descritas pela Intel no seu chip Atom C2000, usado por vários fabricantes de hardware.

A Dell não comentou o problema até agora.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado