EDP e Microsoft promovem hackathon em Portugal

O objectivo do hackaton é criar um protótipo de uma solução que permita a comunicação entre medidores inteligentes de energia e uma solução de cloud, através de um protocolo de baixa largura de banda.

light_explosion_David RitterA EDP e a Microsoft, em colaboração com a NarrowNet, vão promover um hackathon, para encontrar programadores que desenvolvam novas abordagens tecnológicas com “smart meters” (contadores inteligentes). As inscrições estão abertas até 1 de fevereiro.

O objectivo é encontrar uma abordagem que permita o registo dos consumos de energia nas residências ou nas empresas e que, em seguida, faça a comunicação da informação, autonomamente, à companhia de electricidade.

Os interessados (maiores de 18 anos ou startups) devem organizar-se em equipas de dois ou três elementos e desenvolver um protótipo de uma solução que permita a comunicação de dados entre um medidor inteligente e uma solução de cloud, através de um protocolo de baixa largura de banda.

As equipas seleccionadas, num máximo de 20, serão anunciadas publicamente a 8 de Fevereiro. A 24 de Fevereiro, e após a maratona de programação, as três equipas vencedoras serão conhecidas. Ambas as cerimónias terão lugar no Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT) em Lisboa.

Os “hackathons” tem como objectivo desenvolver cenários de inovação que contribuam para a promoção de projectos empresariais diferenciadores, explicam as empresas em comunicado conjunto, explicam as empresas.

As equipas vencedoras com elevado potencial serão convidadas a integrar o EDP Starter Program em Portugal, Espanha ou Brasil.

A primeira fase do projeto é focada no hardware e a segunda no software, envolvendo o uso da rede de comunicações NarrowNet (protocolo de mensagens Sigfox), a integração da solução com as ferramentas do Microsoft Azure e o desenvolvimento de um produto utilizável.

As soluções implementadas serão avaliadas por um júri que irão analisar a integridade, eficiência, eficácia e a qualidade de projeto.

As equipas vencedoras irão receber prémios atribuídos pelos promotores e aquelas que demonstrarem ter um elevado potencial serão convidadas a integrar o EDP Starter Program em Portugal, Espanha ou Brasil.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado