Probe.ly obtém financiamento de 75 mil euros

A startup de segurança foi a eleita para receber o investimento da Caixa Capital, previsto no Lisbon Challenge Fall ’16.

stephan-morais-caixa-capital-e-nuno-loureiro-probe-ly

Stephan Morais, administrador da Caixa Capital e Nuno Loureiro, CEO da Probe.ly

A Probe.ly foi a startup seleccionada no Lisbon Challenge Fall ’16 para receber 75 mil euros, em financiamento da Caixa Capital para desenvolver a sua actividade focada na segurança de aplicações de Internet. A PME aposta “na próxima vaga de produtos de segurança informática, com uma equipa com vasta experiência acumulada na área da Internet e das telecomunicações”, diz um comunicado.

A empresa acede à possibilidade de estar presente numa ronda de angariação de investimento junto de investidores europeus com presença prevista nos Prémios Caixa Empreender, em Fevereiro de 2017. A sociedade de advogados Morais Leitão, vai oferecer serviços de apoio e aconselhamento jurídico a três startups, incluindo a Probe.ly, a WIT e a Heptasense. A Ogilvy oferece 25 horas por startup, a outras três participantes: Lowcosthero, Agent4travel e Graf.ly.

Entretanto a Moneytis, startup financeira dedicada ao mercado de transferências de dinheiro foi escolhida para fazer parte da edição de Janeiro da Y Combinator, um dos maiores aceleradores dos Estados Unidos.  “Esta edição [do Lisbon Challenge] foi assumidamente mais centrada nos fundadores, e na aceleração do produto, mas também quisemos assegurar que as startups estavam prontas para encarar o mercado global no fim deste percurso de aprendizagem”, comenta Pedro Rocha Vieira, co-fundador e CEO da Beta-i.

As equipas que passaram por este programa somam já algo como 60 milhões de euros de investimento total (de 175 startups ‘Alumni’, 40% receberam investimento, sendo que quatro delas entraram no YCombinator, 3 no TechStars e 7 no Seedcamp).




Deixe um comentário

O seu email não será publicado