Clientscape torna-se parceira da Microsoft

A empresa de SaaS vai recorrer à plataforma para impulsionar o seu negócio tanto nacional como internacional.

paulo-almeida_clientscape

Paulo Almeida, CEO da Clientscape

A Clientscape firmou um acordo com a Microsoft, o qual lhe permite alargar a capacidade de expansão da sua solução em SaaS, a que empresa o nome, usando a plataforma Azure do fabricante.
Segundo o CEO da primeira, Paulo Almeida, a primeira procurava uma estrutura de cloud computing capaz de concentrar suportar só si, os requisitos técnicos, de desempenho e conformidade.

A fornecedora da solução de gestão de credenciais de Sign-On, serviço ao cliente em rede social e automação de marketing identificou como críticos vários aspectos. Um deles é a disponibilidade de uma estrutura de alojamento que permitisse, de forma semi-automática, realizar mudanças de escala dos recursos disponíveis, para de forma dinâmica, responder às necessidades dos clientes.

Mas também o suporte directo para o desenvolvimento da sua solução, um serviço de “buffering” com “uma grande capacidade de ingestão” de dados, uma solução de suporte a “conversation as a platform” e outros serviços de análise de sentimento e contexto (na Internet).

Com a parceria a empresa tem a expectativa de conseguir fazer face a um rápido crescimento, “dada a aceitação nacional, mas, sobretudo, internacional que a empresa está a ter e que fará com que tenha uma expansão rápida em clientes” com grande volume de dados.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado