Actualização na WhatsApp gera receio

A nova política de privacidade já mereceu a atenção da Comissão Europeia, que lançou uma investigação sobre o assunto.

Facebook & WhatsAppA actualização da política de privacidade da Whatsapp tornou-se um dos temas mais falados na Internet e está a gerar receio entre utilizadores e acções por parte de várias entidades. Dois anos após adquirir a gestora e do serviço, a Facebook está a mudar a referida política para legitimar o seu acesso declarado a informações sobre os utilizadores da aplicação de mensagens instantâneas.

Grupos de defesa da privacidade tanto da Europa como dos EUA protestaram e a Comissão Europeia está já a realizar uma investigação sobre as práticas de privacidade da aplicação e do projecto de WhatsApp para partilhar informação com o Facebook. O Wall Street Journal assinalou ainda defensores da privacidade dos consumidores nos Estados Unidos apresentaram uma queixa à comissão de comércio do país.

Na base disso está a mudança radical relativamente à promessa feita pela WhatsApp e Facebook de que a política de privacidade se iria manter na na mesma após a aquisição, em 2014. A WhatsApp responde que a política está “dentro do enquadramento legal”, mas disponibiliza-se a responder a todas as questões de reguladores e outros interessados a propósito da polémica actualização.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado