Três projectos com novo financiamento de 2,5 milhões

Youbeep, JAM e NANO receberão a verba da Comissão Europeia para demonstração e de testes de mercado de novos produtos.

João Paulo Rodrigues_Xhockware

João Paulo Rodrigues, CEO e co-fundador da Xhockware

O “Instrumento PME” do Programa Horizonte 2020 vai financiar 65 projectos de 18 países, entre os quais se encontram três de Portugal: Youbeep, JAM e Nano. Cada um vai ter 2,5 milhões de euros, para a demonstração e realização de testes de mercado de novos produtos, diz um comunicado da Comissão Europeia.

Os proponentes podem igualmente solicitar até doze dias de serviço de um orientador sobre gestão empresarial. A Xhockware, que desenvolve a aplicação Youbeep, vocacionada para o sector do retalho e distribuição, foi uma das startups escolhida pelo Programa CMU Portugal, para o inRes 2014: uma iniciativa de preparação e imersão de empreendedores em ambientes de startups nos EUA.

A solução que desenvolveu, permite aos utilizadores adquirir produtos em loja e pagar numa app, constituindo um sistema de “self-checkout”, com recurso a smartphones. Os dois outros projectos apostam no desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial para articulação das necessidades das empresas e do mercado.

O JAM “consiste na integração de interfaces de análise a veículos comerciais para a redução dos custos associados à manutenção de frotas de veículos”, diz o comunicado. O projecto NANO procura responder “à necessidade de redução dos riscos de acidentes na monitorização industrial, através da aplicação de nanotecnologia para o fabrico de um material inovador na monitorização em segurança e a baixo custo, com uma exactidão que suplanta os sistemas existentes”.

“Este instrumento é a melhor porta de entrada para as PME no programa Horizonte 2020. No período de dois anos, este instrumento já financiou cerca de 40 PME portuguesas”, comentou Carlos Moedas, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação.

A Comissão Europeia diz ter recebido 1 167 propostas no âmbito da segunda fase 2 do Instrumento PME, tendo seleccionado um total de 529 propostas. O programa Horizonte 2020, lançado em 2014, já recebeu 19 320 propostas, das quais 1 443 correspondem a projectos que beneficiaram de um investimento de 527 milhões de euros, refere ainda.

“Este instrumento é a melhor porta de entrada para as PME no programa Horizonte 2020. No período de dois anos, este instrumento já financiou cerca de 40 PME portuguesas”, comentou Carlos Moedas, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado