Yahoo vende negócio de Internet à Verizon

O operador norte-amerficano vai despender 4,8 mil milhões de euros.

Marissa Mayer - Martyn Williams - IDGNS

Marissa Mayer , CEO da Yahoo

A Yahoo vai vender a maior parte dos seus activos de Internet por cerca de 4,8 mil milhões de euros à Verizon Communications, ficando com dinheiro, participações no Alibaba e na Yahoo Japão e patentes menos importantes para o seu negócio. O operador  acede a uma carteira de mil milhões de utilizadores mensais activos, suas propriedades e aplicações de Internet chave, como as de busca e email, e sistemas de publicidade.

O fornecedor de comunicações norte-americano tem experiência em fusões, depois de em 2015 adquirir a AOL por 4,4 mil milhões de dólares, obtendo activos semelhantes. A transacção deverá ser concluída até o primeiro trimestre do próximo ano, sujeito a aprovações regulatórias, terminando um processo de licitação longo para a empresa.

Depois de a transacção fechar, a Yahoo será integrada no AOL sob a direcção de Marni Walden, vice-presidente executivo e presidente de inovação em produtos e novos negócios, do operador. O valor pago é uma pequena percentagem da sua capitalização bolsista de mais 125 mil milhões de dólares, registada durante o pico da vaga das “dotcom”, reflectindo a retracção das perspectivas sobre a empresa.

Fundada em 1994 por Jerry Yang e David Filo, a Yahoo surgiu logo como o ponto de entrada para a Internet , com a serviços num portal, motor de busca e email. Mas foi posteriormente foi ultrapassada em mercados como o da busca por concorrentes mais novos, como a Google.

A empresa também não conseguiu evoluir para novas oportunidades de mercado, tais como as das redes sociais e mobilidade. Em 2012, a empresa nomeou Marissa Mayer, ex-executiva sénior da Google, como sua CEO, no meio de grandes expectativas de que ela iria inverter o curso da organização.

A Tumblr era uma alavanca fresca para a Yahoo no mercado da publicidade em redes sociais, mas tal como a maioria das iniciativas de diversificação de negócio e aquisições da empresa, ficou abaixo das expectativas.

“É poético em unirmos forças com a AOL e a Verizon conforme entramos nosso próximo capítulo focado em alcançar escala na mobilidade”, declarou Mayer, num comunicado. A Yahoo registou um prejuízo de 440 milhões de dólares, com uma receita de pouco mais de 1,3 mil milhões no segundo trimestre deste ano.

O maior impacto negativo foram as perdas assumidas de 395 milhões coma a rede social de microblogging, a Tumblr, que a Yahoo adquiriu em 2013 por mais de milhões. A Tumblr era uma alavanca fresca para a Yahoo no mercado da publicidade em redes sociais, mas tal como a maioria das iniciativas de diversificação de negócio e aquisições da empresa, ficou abaixo das expectativas.

Nesse conjunto inclui-se a tentativa de entrar no universo da Internet. A receita da empresa nesta área ficou nos 378 milhões de euros, atrás daquela relativa à de desktop: 875 milhões no segundo trimestre.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado