HPE prepara novo Itanium para 2017

​O fabricante conta substituir os actuais 9500 series por novos chips com nome-código “Kittson”.

KittsonA Hewlett Packard Enterprise (HPE) tem previsto lançar, em meados de 2017, a actualização da série de processadores Itanium, com novos chips Intel “Kittson” em substituição dos actuais 9500 series (“Poulson”). O fabricante procura actualizar as máquinas Integrity para os sistemas operacionais HP-UX (variante do Unix) e OpenVMS com os novos processadores.

Mas a questão é saber que motivos levam a HPE a fazer essa actualização tendo em conta que já trabalha para portar essas arquitecturas para x86. Uma das razões, avançadas pela empresa, está no custo.

“O cliente olha com cuidado para os custos com a gestão e controlo. Melhorar o desempenho da máquina significa precisar de menos núcleos, o que leva à redução de gastos com licenças”, argumenta a companhia. A HPE revelou que pretende manter a sua agenda de lançamentos e suporte para as máquinas porque “uma nova geração de servidores dará aos utilizadores actuais a continuidade” que o fabricante prometera.

Muitos clientes têm casos de boas utilização de aplicações em HP-UX e OpenVMS no Integrity baseados em Itanium”. A companhia comprometeu-se a construir versões dos servidores Integrity e Superdome, com processadores Kittson quando estiverem disponíveis.

A HPE tem um roteiro de desenvolvimento da tecnologia que se prolonga até 2025.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado