Reconhecimento de voz ganhará relevância nas empresas

A utilização da tecnologia é primeiro associada aos smartphones, mas liga-se também a dispositivos como os óculos inteligentes.

vozÀ medida que aumenta a confiança nos dispositivos cresce a necessidade de manter interacções naturais entre pessoas através daqueles. A previsão da ABI Research referem um aumento do número de utilizadores da funcionalidade de voz superando os mil milhões em 2021.

Eric Abbruzzese, analista sénior da ABI, sublinha que os smartphones são os primeiros dispositivos de tecnologia de voz serem referidos quando se fala da optimização da interacção homem-dispositivo. Mas o crescimento do número de óculos inteligentes e de dispositivos para o lar também vão fomentar esta tendência, diz.

Nas empresas, a ABI Research acredita que o processamento da linguagem natural vai ser especialmente benéfico em determinadas práticas e em sectores verticais que exijam a funcionalidades com mãos livres: a assistência médica, extracção de petróleo ou gás, fabrico e construção, ou tarefas especializadas que exijam dicionários, aplicações ou ferramentas personalizadas.

Entre os consumidores as interacções e o controlo por voz têm uma conexão quase natural em óculos inteligentes, dispositivos de realidade aumentada e IoT no lar, como Amazon Echo o Google Home. Na actualidade, os principais agentes da tecnologia por voz são Apple, Google e Microsoft, com razões de peso tendo em conta que cada uma destas empresas está a posicionar a sua própria plataforma de voz no mercado.

Mas a Amazon aparece destacada no radar da ABI Research. A entrada da Amazon na indústria automóvel através da tecnologia de voz e a boa resposta dos dispositivos Echo e Fire, compatíveis com voz, podem representar um forte crescimento para as grandes empresas, se esta souber capitalizar a situação.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado