Deloitte investe meio milhão em centro de excelência

A consultora inaugurou esta quinta-feira o centro com mais de 50 elementos, prevendo investir três milhões e ampliar o efectivo para mais de 250 pessoas, a curto prazo.

 

António Lagartixo_Deloitte

António Lagartixo, líder de negócio de TMT, na Deloitte Portugal

 

A Deloitte inaugurou oficialmente o Europe, Middle East & Africa Telecom Engineering Centre of Excellence (TEE CoE), esta quinta-feira, em Lisboa. A estrutura tem vindo a ser preparada há um ano e envolveu já um investimento de cerca de 500 mil euros, segundo o seu responsável patrocinador, António Lagartixo – também líder de negócio TMT na Deloitte Portugal.

Em perspectiva a consultora multinacional tem o crescimento da equipa, hoje com mais de 50 profissionais, para um efectivo superior a 200, nos próximos dois anos. Prevê também investir perto de três milhões de euros, para suportar o incremento previsto da actividade, que evolui em torna da consultoria em desenho, estratégia, implantação e monitorização de redes de comunicações.

Actualmente a unidade está a funcionar na nova sede da Deloitte, no centro de Lisboa, mas deverá transitar ainda este ano para um edifício no Restelo. A inauguração decorreu no Deloitte Hub, com a presença do ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, durante a EMEA TMT Strategy Meeting, da Delloitte que reuniu ontem e esta quinta-feira mais de 40 líderes internacionais dos sectores de tecnologia media e telecomunicações.

O governante português destacou a importância dos centros competência como factores de desenvolvimento da literacia digital do país. Referia-se em particular ao papel dos profissionais que neles trabalham como “agentes de transformação da economia”, sobretudo quando partem para novas iniciativas pessoais.

Pedro Marques começara por afirmar que a “’infra-estruturização’ do país precisa de mais literacia digital”.

De acordo com António Lagartixo a unidade tem equipas a trabalhar em cerca de 40 países e conta com extensões no Dubai, Brasil e em Angola.

A atribuição do centro torna a Deloitte Portugal na única firma da Deloitte na Europa, Médio Oriente e África (EMEA) acreditada para oferecer serviços integrados em redes de telecomunicações à escala global (em 150 países) e para as principais organizações mundiais de telecomunicações, media, energia, sector público, infra-estruturas, utilities, entre outras, diz um comunicado.

De acordo com António Lagartixo a unidade tem equipas a trabalhar em cerca de 40 países e conta com extensões no Dubai, Brasil e em Angola. O responsável avança ainda que ambiciona estender a operação a novos mercados no curto prazo e nos próximos meses integrar também profissionais da Europa, Ásia e América do Sul.

*Com comunicado




Deixe um comentário

O seu email não será publicado