David Alves, João Figueiredo e Luís Newton são os CIO do ano 2016

Venceram nas categorias de “Corporate”, “PME” e “Government”, respectivamente.

David Alves, CIO da Sonae, João Figueiredo, CIO da Santa Casa da Misericórdia do Porto e Luís Newton, presidente da Junta de Freguesia da Estrela, venceram o prémio “CIO of the Year 2016”, iniciativa organizada pela CIOnet. O primeiro foi eleito na categoria de “Corporate”, enquanto João Figueiredo, venceu na de “PME”.

O responsável autárquico singrou nos projectos de administração pública ou “Government”.

 

David Alves

David Alves, CIO da Sonae

David Alves tem 17 anos de experiência ao serviço do grupo Sonae e lidera actualmente um departamento com 500 trabalhadores, do qual dependem sete unidades de negócio.

O projecto que lhe valeu o galardão consistiu na transformação da organização de sistemas de informação. O mesmo envolveu “uma mudança cultural na organização que teve por objectivo criar um ambiente de diversidade, desafio e colaboração, minimizando inércia na adaptação, formalismo e hierarquização funciona”, diz um comunicado.

Em Março de 2015 foi dado o passo mais disruptivo deste processo com impacto directo em 500 pessoas, diz a CIOnet. Juntamente com uma nova imagem entrou em vigor um novo modelo operativo assente numa trilogia de serviços (“think, deliver, run”) complementada por um conjunto de áreas verticalizadas que dão corpo a uma arquitectura de TI bimodal IT (BI, Digital Channels, Infrastruture e Workplace) e impulsionam um crescimento acelerado de tendências emergentes.

Em Dezembro de 2015 a organização com outra etapa significativa ao mudar para novas instalações, onde os profissionais não têm lugares marcados e existe um espaço aberto, de linhas modernas e simples, promotor de um clima informal de colaboração e tranquilidade, a acredita a Sonae.

Joao Figueiredo

João Figueiredo, CIO da Santa Casa da Misericórdia do Porto

João Figueiredo, CIO da Santa Casa da Misericórdia, conta com 18 anos de experiência ao serviço da entidade e tem a seu cargo dez unidades de negócio. O júri atribuiu-lhe o prémio pelo projecto de informatização do Museu da Misericórdia do Porto.

A iniciativa teve por objectivo agilizar os processos de organização, pesquisa, classificação, localização, segurança e controlo de acessos, aumentando, desta forma, a eficiência no atendimento a solicitações. “As SI/TIC foram implementadas com uma perspectiva de modernização num suporte eficaz e eficiente no apoio à gestão do Museu da SCMP, sendo garantida a sua evolução com flexibilidade e agilidade, assim como a abertura de um museu tecnologicamente capacitado e orientado nas temáticas a apresentar à população em geral”, diz o comunicado.

A soluções de TI foram implantadas de forma a serem expansíveis e com suporte para conteúdos em realidade virtual e aumentada, e aplicação móvel MMIPO.

 

Luis Newton

Luís Newton, presidente da Junta de Freguesia da Estrela

O projecto Geo Estrela convenceu o júri numa área que pela primeira vez tem um prémio, a da administração pública (“Government”). Luís Newton tem a seu cargo onze unidades de negócio e com a iniciativa procurou definir uma nova filosofia de gestão.

Quis baseá-la numa governação assente na colaboração entre a comunidade e a autarquia local e o  projecto foi considerado inovador por tornar o cidadão no verdadeiro “sensor” das “smart cities” – capaz de  reflectir o contexto comunitário do espaço público.

As pessoas assumem o papel central na identificação e resolução dos problemas que as afectam e a estrutura autárquica é organizada em volta disso, considera a CIOnet.

A iniciativa procura reduzir o desperdício, aumentar o enfoque e a capacidade de resolução dos problemas que afectam as comunidades.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado