Wi-Fi para IoT chama-se HaLow

A Wi-Fi Alliance diz que haverá um processo de certificação de produtos em 2018. Mas haverá equipamentos baseados na norma antes disso.

Wi-Fi_slide_image_091712-surface-7-100380942-orig

Uma nova versão de baixa potência, mas longo alcance, da tecnologia  Wi-Fi para conexões de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) vai chamar-se Wi-Fi HaLow, revelou a Wi-Fi Alliance, em antecipação da CES 2015.

O protocolo de comunicações será baseado na especificação IEEE 802.11ah. Deverá ser usada nos próximos anos, para tudo, desde casas inteligentes e a dispositivos corporais (“wearables”), cidades inteligentes e carros conectados, soluções onde milhares de sensores a pilhas podem ser conectados a um único ponto de acesso Wi-Fi.

A Wi-Fi Alliance, da qual fazem parte cerca de 700 fornecedores, espera lançar um processo de certificação para os produtos Wi-Fi HaLow em 2018, disseram as autoridades. Mas dispositivos que suportam a especificação devem estar  no mercado mais cedo.

O processo de finalização da IEEE 802.11ah está avançado e já na fase técnica.

O alcance da Wi-Fi HaLow deverá duplicar o da Wi-Fi actual, com algumas estimativas a sugerirem um quilómetro.

A Wi-Fi HaLow vai funcionar no espectro de comunicações sem fio não licenciado e abaixo dos 1 GHz, permitindo-lhe penetrar mais facilmente em muros e outras barreiras, devido às capacidades de propagação das ondas de rádio de baixa frequência. O seu alcance deverá duplicar o da Wi-Fi actual, com algumas estimativas a sugerirem um quilómetro.

A desvantagem poderá ser a capacidade de débito, muito abaixo dos 7Gbps, da Wi-Fi 802.11ac (quando esta é optimizada).




Deixe um comentário

O seu email não será publicado