Gfi alvo de OPA amigável

A Mannai anunciou a intenção de adquirir 51% das acções da empresa, cujo valor fica estimado em 561 milhões de euros.

acordo-morguefileO grupo Mannai estabeleceu um acordo com a Apax Partners e a Boussard & Gavaudan para apresentar uma oferta pública de aquisição amigável sobre 51% das acções do grupo Gfi, anunciou a administração desta empresa. A operação portuguesa fez um reforço de capital na semana passada.

A nova proposta oferece 8,5 euros por acção, colocando o valor da Gfi em cerca 561 milhões de euros.

A Mannai, empresa do Qatar com um volume de negócios próximo dos 400 milhões de euros,  tem actividade no segmento dos serviços de TI e pretende constituir-se um accionista e parceiro industrial de longo prazo da organização adquirida.

Neste contexto, pretende impulsionar o crescimento em França e a expansão da mesma para os mercados externos. 25 % das acções serão adquiridas à Boussard & Gavaudan e à Apax, fundo de investimentos que adquiriu em Setembro a Oni e a Cabovisão à Altice.

De acordo com Nuno Santos, CEO da Gfi Portugal, “este é um importante momento de reconhecimento e valorização do trabalho desenvolvido pela Gfi e de afirmação do plano de transformação e fortalecimento da empresa”.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado