14 projectos portugueses para o Startup4cities 2015

De 77 apresentados apenas 20 foram validados segundo as regras do concurso de escala ibérica.

startup4cities (DR)Entre os 108 projectos pré-seleccionados para o concurso startup4cities 2015, há 14 que são portugueses, revelou fonte da Inteli.

Houve 77 candidaturas, mas apenas 20 eram válidas segundo as regras do concurso e foram sujeitas a uma avaliação prévia.

Algumas não respeitaram a condição de serem apresentadas por startups nacionais, por exemplo, justifica a mesma fonte.

No total dos 108 projectos apresentados destacaram-se as temáticas da sustentabilidade e eficiência energética das cidades através do desenvolvimento de sistemas que permitem controlar o consumo de energia e promover a poupança energética, diz um comunicado.

Segundo a Inteli, a qual promoveu a iniciativa juntamente com a Rede Portuguesa de Cidades Inteligentes (RENER), o tema da acessibilidade das cidades para pessoas com incapacidades físicas ou sensoriais teve grande representatividade, assim como o da mobilidade urbana geral, envolvendo projectos relacionados com a utilização de bicicletas.

Outros projectos incidem em temas como o da participação do cidadão, a gestão do ruído ambiental ou os sistemas de gestão de resíduos.

A sessão final do startup4cities 2015 decorrerá a 17 de Novembro, em Barcelona, durante o Smart City Expo World Congress.

Um júri seleccionará 20 projectos ibéricos e os empreendedores associados serão convocados para uma apresentação pública final. Nessa altura, terão a oportunidade de defender as suas propostas perante um auditório composto por representantes municipais de mais de uma centena de cidades das redes portuguesa e espanhola de cidades inteligentes.

O evento final do startup4cities 2015 decorrerá a 17 de Novembro, em Barcelona, no Smart City Expo World Congress.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado