OSVR lança portal para I&D em realidade virtual

A iniciativa da organização open source tem mais 13 novos parceiros da esfera académica.

gear vr - PCWorldA organização por trás da Open Source Virtual Reality (OSVR) anunciou o lançamento de um portal de investigação. A estrutura é dirigida pelos parceiros académicos da OSVR e contém material sobre investigação acessível por qualquer pessoa com interesse em realidade virtual.

A OSVR é uma base de software desenvolvida para implantar um suporte  de tecnologia aberta para dispositivos de entrada, de jogos e de saída para realidade virtual.

“Criar uma plataforma aberta para trocar conhecimento e aprendizagem entre parceiros comerciais e académicos irá fazer com que todo o mercado avance com uma base de conhecimento aberta através da qual possa ser realizada uma  troca de aprendizagens cruciais”, diz Christopher Mitchell, gestor sénior de marketing de produto na Razer, fabricante envolvido na iniciativa.

“Ainda estamos de certa forma em território desconhecido com a realidade virtual, e é através de colaboração que podemos resolver problemas e fazer a realidade virtual avançar para a tornar num sucesso no mercado de massas”, acrescenta o responsável.

Os recursos disponíveis no lançamento do portal vão cobrir as seguintes categorias, esperando-se outras adições:
‒ realidade virtual: princípios gerais de desenho em tecnologia de realidade virtual;
‒ realidade aumentada: aplicações efectivas no mundo real;
‒ desenho de jogos: observações e ideias sobre desenho de jogos;
‒ optimização de periféricos: guias e melhores práticas em termos de design de interacção e interfaces no mercado de periféricos;
‒ algoritmos: optimização do desenho e lógica da tecnologia de software;
‒ realidade virtual no ensino: melhorar o ensino através de realidade virtual.

49 parceiros académicos

Além da iniciativa, a OSVR tem 13 novos parceiros no meio académico, somando agora 49 nesta esfera:
‒ Laboratório do Arizona para Ambientes Imersivos de Visualização, Universidade do Arizona;
‒  Configurable Space Microsystems Innovations and Applications Center (COSMIAC);
‒ JCU Singapore (James Cook Australia Institute of Higher Learning in Singapore);
‒ Keio-NUS CUTE (Connective Ubiquitous Technology for Embodiments);
‒ Centro de Inovação para Jogos Multi-Plataforma (MAGIC) na Universidade Tecnológica de Nanyang (NTU);
‒ Centro de Supercomputação e Redes, de Poznań;
‒ SRH Universidade de Heidelberg;
‒ Stefan cel Mare, da Universidade de Suceava;
‒ Laboratório de Realidade Virtual da SeAMK – Universidade de Ciências Aplicadas de Seinäjoki;
‒ Universidade de Bolonha;
‒ Universidade de Georgia;
‒ Universidade do Kentucky;
‒ Laboratório de Neurociência Virtual da Universidade de Tartu (Estónia).




Deixe um comentário

O seu email não será publicado