Truewind-Chiron facturou 4,1 milhões de euros em 2014

O volume de negócios cresceu 22% e a empresa quer abrir uma operação no Reino Unido.

crescimentoA Truewind-Chiron registou um volume de negócios consolidado de 4,1 milhões de euros em vendas e prestação de serviços durante 2014. O valor resulta de um crescimento de 22% em relação a 2013, diz um comunicado.

A maior parte da facturação foi obtida em Portugal, mercado no qual registou um volume de vendas e prestação de serviços de 3,5 milhões de euros. Este valor cresceu também 22% face ao ano anterior.

No Brasil, o ano de 2014 ficou marcado pela consolidação da actividade desenvolvida em anos anteriores, apesar do contexto macro-económico desfavorável do país, diz a empresa.

A economia brasileira resultou numa estagnação do PIB durante 2014 e, segundo previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI), o indicador registará uma queda do PIB de 1% em 2015, refere a consultora.

Mesmo assim, a Truewind-Chiron pretende continuar a alargar a base de clientes no Brasil e angariar oportunidades para implantar projectos de maiores dimensões. Procura garantir que o investimento no desenvolvimento é suportado pela actividade da consultora naquele país.

Em 2014, a empresa reforçou a sua equipa de consultores em Portugal através de um programa que combina formação e recrutamento.

Para atingir este objectivo, “a estratégia passa sobretudo por continuar a desenvolver a equipa local através de formações e de transferência de conhecimento entre a equipa de Portugal e do Brasil”, refere Nuno Maria, CEO e director-geral da Truewind-Chiron Brasil.

Em 2014, a empresa reforçou a sua equipa de consultores em Portugal através de um programa que combina formação e recrutamento. “A abertura da Academia Truewind-Chiron marcou o início de uma etapa importante na nossa estratégia de crescimento e possibilitou a integração de profissionais com ‘backgrounds’ académicos muito diferentes dos que tínhamos até então na nossa equipa, permitindo-nos continuar a subir na cadeia de valor e oferecer serviços mais completos aos nossos clientes”, considera João Campos, director-geral da Truewind-Chiron Portugal.

Truewind-Chiron quer operação no Reino Unido

A estratégia de internacionalização da Truewind-Chiron será concretizada através do investimento na criação de uma operação no Reino Unido, revela João Campos. “É um mercado de grande dimensão, muito desenvolvido e que reúne as condições para atingir os objectivos de desenvolvimento e rentabilidade da Truewind-Chiron”, explica.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado