Microsoft quer Windows 10 em mil milhões de dispositivos a três anos

Na conferência Build, a Microsoft pede aos programadores para darem mais hipóteses à Windows Store.

windows 10 - PCW

A Microsoft apontou um objectivo elevado para a adopção do Windows 10, enquanto tenta cativar os programadores.

Terry Myerson, vice-presidente executivo de sistemas operativos da Microsoft, disse na conferência Build da empresa que o objectivo é fazer com que o Windows 10 esteja em mil milhões de dispositivos nos próximos dois a três anos. “O nosso objectivo para o Windows 10 é criar a plataforma de desenvolvimento mais atraente de sempre”, disse Myerson.

A Microsoft está a contar com uma actualização em massa da sua base existente de 1,5 milhões de utilizadores para o Windows 10. Ao contrário das lojas de aplicações separadas, que existem actualmente para o Windows 8 para PCs e tablet e Windows 8 para telemóveis, o Windows 10 será executado em telemóveis, tablets, PCs e consolas Xbox, com uma única loja onde os programadores podem vender as suas aplicações.

Myerson demonstrou como os programadores podem ajustar as suas aplicações para funcionarem em vários tamanhos de ecrã. Por exemplo, o jornal USA Today vai oferecer uma app para a Xbox One, filtrando a sua actual app de notícias para mostrar apenas “feeds” de vídeo.

Myerson também disse que a Windows Store vai oferecer facturação de operadoras em todos os dispositivos – não apenas smartphones – com 90 operadoras de telefonia móvel. Os programadores terão acesso a novos modelos de negócio que a Windows Store não apoiou no passado, tais como subscrições e “referalls” afiliados.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado