Capgemini compra iGate por 4 mil milhões

A operação suporta a tentativa expansão no mercado norte-americano.

Ashok Vemuri, CEO da iGate e Paul Hermelin (a esquerda), hairman e  CEO da Capgemini

Ashok Vemuri, CEO da iGate e Paul Hermelin (à esquerda), hairman e CEO da Capgemini

A empresa francesa de serviços de TI Capgemini vai adquirir a iGate nos EUA por quatro mil milhões de dólares. À partida, o negócio faz aumentar em 33% a receita da organização gaulesa na América do Norte, para quatro milhões de dólares.

Além de ampliar a sua presença do fornecedor francês no mercado norte-americano, proporciona-lhe conhecimentos adicionais em serviços aplicacionais e de infra-estrutura, processos de outsourcing e serviços de engenharia. Na carteira da Capgemini passam a constar clientes da iGate, como a General Electric e o Royal Bank of Canada.

Após a aquisição, a nova entidade terá uma receita combinada estimada de 13,6 mil milhões de dólares em 2015, e perto de 190 mil funcionários. Cerca de 50 mil desses funcionários estarão focados em clientes norte-americanos.

A iGate teve uma receita 1,3 mil milhões de dólares em 2014, dos quais 79% realizados na América do Norte. Tanto aquela como a Capgemini fornecem serviços de offshoring a partir de locais de baixo custo, como a Índia.

Os conselhos de administração das duas empresas aprovaram a fusão e a maioria dos accionistas da iGate também. A transacção deverá ser concluída no segundo semestre de 2015, sujeita a aprovações regulatórias.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado