Vodafone actualiza sistema de pagamento móvel

Versão actualizada do Vodafone Wallet estará disponível na Europa antes do final de Junho.

Vodafone WalletCom a esperança de se impor no sector cada vez mais competitivo dos pagamentos móveis, a Vodafone vai em breve permitir que os utilizadores do seu serviço Wallet possam efectuar pagamentos através de terminais sem contacto com um cartão da Visa armazenado em smartphones Android.

A versão actualizada do Vodafone Wallet estará disponível na Europa durante o segundo trimestre. É um passo à frente do serviço de pagamento que a operadora oferece na Alemanha, Espanha, Reino Unido, Itália e Holanda. Em vez de ter uma etiqueta na parte de trás do telefone, uma cópia de cada cartão será armazenado num cartão SIM compatível com tecnologia NFC. Os cartões são adicionados usando a app Wallet da Vodafone.

Para os utilizadores, os cartões SIM especiais não são tão simples como quando a tecnologia está embutida no seu smartphone, que é o que a Apple fez com o serviço Pay. No entanto, a escolha desta configuração torna o Wallet da Vodafone compatível com mais telefones e o operador não ficará dependente de fabricantes de smartphones para o fazer funcionar. A Vodafone disse que o Wallet vai funcionar com os actuais terminais sem contacto e uma ampla gama de smartphones Android.

Até agora, as operadoras de telecomunicações têm se esforçado para fazerem avançar os pagamentos móveis. Por exemplo, a Softcard (antes conhecida por ISIS), entre as norte-americanas AT&T, T-Mobile e Verizon, anunciou que vai encerrar o seu serviço esta terça-feira. A tecnologia e propriedade intelectual foram vendidas à Google. Em resultado do acordo, as três operadoras vão pré-carregar o Google Wallet em novos smartphones Android ainda este ano.

Embora o Apple Pay tenha aumentado a conscientização sobre os pagamentos móveis, o serviço ainda não está disponível na Europa e os utilizadores europeus do Google Wallet não podem pagar por bens em lojas. A par disso, a Samsung Electronics está a avançar nos EUA e na Coreia do Sul para o lançamento inicial do seu serviço Pay ainda este ano. Assim, enquanto o sucesso está longe de ser certo, a Vodafone parece ter uma pequena janela de oportunidade.

Na Europa, a Visa também está a trabalhar com a Orange e a TIM, mas os serviços de pagamento usam cartões pré-pagos, como sucedia com a antiga versão do Vodafone Wallet.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado