Gastos da Alemanha com TI deverão aumentar

O número de empregos no sector de TI deverá ter um acréscimo de 21 mil este ano.

crescimento

Os investimentos em TI devem aumentar mais rapidamente do que o anteriormente esperado na Alemanha, um indicador relevante para a indústria europeia, com os olhos postos na CeBIT 2015.  O número de empregos no sector das TI ascenderá a quase um milhão até o final do ano, prevê a Bitkom.

No ano passado, foram criados 26 mil novos empregos na indústria de TI alemã, mais do que os dez mil esperados. Até final de 2015, mais de 21 mil profissionais deverão obter emprego, elevando o total para 990 mil.

O incremento, durante o ano passado, levou a associação a elevar sua previsão de gastos com a TI alemã para 155,5 mil milhões de euros. A Bitkom prevê que os gastos de TI empresariais cresçam anualmente 3,2%, para 80,3 mil milhões.

Os gastos com software são os que vão subir mais rapidamente – 5,7%, para 20,2 mil milhões -, com os serviços de TI, incluindo consultoria, a subirem 3% para 37,3 mil milhões de euros. As despesas com hardware terão um incremento  mais lento, de 1,3%, para 22,8 mil milhões de euros.

A aprovação de alguma legislação poderá arrefecer o mercado: uma lei de protecção do pequeno investidor deverá tornar o “crowdfunding” pouco atraente, ameaçando o financiamento de startups, diz a Bitkom.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado