Compta nas “smart cities” em Tomar

14 profissionais para alargar “aposta estratégica do grupo”.

Softinsa

A Compta alargou as suas actividades de investigação, desenvolvimento e inovação (I&DI) ao Centro de Inovação Tecnológica de Tomar (CENIT). O CENIT é um centro SofTINSA, do grupo IBM.

O foco das actividades são as tecnologias para as “smart cities” e as aplicações para os cidadãos, contando a nova estrutura com 14 profissionais que, “em articulação com o centro de I&DI da tecnológica baseado na sua sede de Lisboa, desenvolvem soluções e produtos para projectos nacionais e internacionais, nesta que é uma aposta estratégica do grupo”, diz este em comunicado.

“Tomar funciona como centro de desenvolvimento e competências para cidades inteligentes, focado em soluções para as áreas do ambiente, da eficiência energética, da qualidade e da acessibilidade dos cidadãos”, diz ainda a empresa.

As “smart cities” e as aplicações para os cidadãos são “uma prioridade. Aliar esta nova plataforma de Tomar à nossa equipa de I&DI em Lisboa é estimular uma nova dinâmica, que não só amplia as nossas capacidades, como aposta numa área central, onde queremos liderar com uma presença forte”, afirma Jorge Delgado, presidente da Comissão Executiva da Compta.

“A tecnologia ao serviço das cidades e dos cidadãos, as aplicações móveis como um acelerador da qualidade e da acessibilidade, as apps no centro de novos e inovadores serviços são bandeiras que sinalizam a transformação que a Compta pretende abraçar”, explica Jorge Delgado.

A Compta facturou mais de 30 milhões de euros no ano passado, com a internacionalização (especialmente Brasil, Colômbia e México) a representar cerca de 10% do volume total de negócios.


Tags
Artigo anterior


Deixe um comentário

O seu email não será publicado