Twitter valoriza com rumor de saída do CEO

Depois de a rede social ter anunciado uma desaceleração no crescimento da sua base de utilizadores, especulações dando como provável a saída do seu executivo, Disk Costolo, fizeram o preço das suas acções subir.

Dick Costolo-CEO da Twitter_JOI ITO

A CNBC revelou que o analista Robert Peck, do SunTrust Robinson Humphrey, previu a saída do CEO, Dick Costolo, da Twitter, durante 2015. A gestora da rede social com o mesmo nome está a lidar com a desaceleração do crescimento da sua base de utilização, cuja dimensão foi recentemente suplantada pelo universo da Instragram.

“Há uma boa hipótese de ele já não estar lá, dentro de um ano”, afirmou o responsável do banco de investimento Peck. Também há “um monte de candidatos interessantes” para o cargo, considerou.

Mas a previsão acabou por beneficiar o preço das acções da empresa teneo aquele subido 3,6%, para 38,43 dólares por acção, durante a última segunda-feira. No dia a seguir, subiu para 39,25 dólares, sofrendo depois uma queda até aos 37,79 dólares, a meio da tarde.

Esta evolução não surpreende, Zeus Kerravala, analista da ZK Research. “Há uma série de dúvidas sobre a capacidade de Costolo gerir a Twitter”, afirma.

“Se a empresa não tiver um bom desempenho, ou falhar as projecções de resultados durante um par de trimestres, haverá uma pressão tremenda dos investidores para derrubá-lo”, prevê Kerravala.

Até ao final do  período trimestral findo em Setembro, o número de utilizadores mensais da Twitter cresceu 4,8%, para 284 milhões, enquanto o indicador para a Instagram subiu 50%, para 30o milhões.

Apesar de ser cada vez mais usada para suportar protestos políticos e sociais, a promoção de marcas, a rede teve uma desaceleração no crescimento do seu conjunto de utilizadores. Em Outubro, a empresa registou um crescimento mais lento em utilizadores activos mensais, face ao trimestre anterior.

No período trimestral findo em Setembro o número de utilizadores mensais do Twitter cresceu 4,8%, para 284 milhões. No trimestre anterior a base cresceu 6,3%.

Durante o início do presente mês, a empresa teve uma notícia mais inquietante quando a Instagram anunciou um aumento de 50%, para 300 milhões de utilizadores, no seu universo.




Deixe um comentário

O seu email não será publicado