UberPop será proibido em França

Embora um tribunal de Paris se tenha recusado a impor uma proibição de emergência sobre o serviço UberPop, uma nova lei tornará o serviço ilegal a partir de 1 de Janeiro.

Uber_Paris

O serviço de partilha de transporte privado, UberPop, será proibido em França a partir de 1 de Janeiro, revelou esta segunda-feira um porta-voz do ministério do Interior francês funcionário governamental. Ao mesmo tempo, motoristas de táxi, de Paris, bloquearam o tráfego em torno da capital, em protesto contra uma decisão judicial de sexta-feira, na qual foi recusada uma proibição de emergência sobre o serviço.

Os profissionais do sector queixam-se de concorrência desleal, porque o serviço baseado numa aplicação móvel coloca em contacto, condutores sem licença de transporte de passageiros com os passageiros, cobrando uma taxa. Os protestos resultaram na estagnação do trânsito em várias estradas em torno dos principais aeroportos da cidade, causando 49 quilómetros de engarrafamento, enquanto eles os taxistas se dirigiam lentamente para a cidade.

Segundo o porta-voz do ministério, lembrou que é ilegal cobrar por transporte sem ter a devida certificação para isso. A nova lei, de acordo com o mesmo, considera ilegal colocar condutores sem licença e clientes em contacto uns com o outros.

O porta-voz avançou que a nova legsilação prevê uma pena de prisão de dois anos ou multa de até 300 mil euros. Esses serviços representam um perigo real para os passageiros, porque os motoristas sem licença não têm o seguro necessário, advertiu.


Tags


Deixe um comentário

O seu email não será publicado